Assista nossos Programas

sábado, 13 de abril de 2019

Urologista alerta sobre uso de remédio para impotência

Automedicação pode desregular o organismo e causar dependência


Popularmente conhecida como impotência sexual, a disfunção erétil consiste na dificuldade em alcançar e manter a ereção do pênis devido à quantidade insuficiente de sangue na região. Trata-se de uma das condições que mais assusta a população masculina, o que pode levar ao uso indevido de medicação após um único episódio ou até mesmo a partir de uma insegurança pessoal.

Segundo Dr. Emilio Sebe Filho, urologista e fundador da Lifemenrede de clínicas que reúne serviços especializados na área de saúde sexual masculina, a automedicação não é indicada pela comunidade médica, pois o uso indiscriminado de qualquer remédio pode levar a quadros de intoxicação e desregulação do organismo.

Os medicamentos para impotência sexual, por sua vez, são ainda mais delicados, pois geram vasodilatação a fim de aumentar o fluxo sanguíneo do pênis. “Um medicamento vasodilatador pode gerar queda de pressão, tontura, alterações visuais, desmaio e até mesmo infarto. O uso associado com outras drogas também pode levar a complicações graves, além de ser possível gerar dependência emocional e química das substâncias”, pontua o especialista.

Dr. Emilio ressalta ainda que a disfunção erétil pode ser resolvida com outras abordagens, como a terapia de ondas. “A Terapia de Ondas apresenta resultados eficientes e sem efeitos secundários ou necessidade de recuperação. O procedimento é indolor, não invasivo e traz resultados duradouros”, explica. A impotência sexual também pode estar relacionada a fatores emocionais, que podem ser trabalhados com acompanhamento psicológico em sessões de terapia sexual, por exemplo.


Sobre a Lifemen®

Fundada pelo Dr. Emilio Sebe Filho, a Lifemen® é uma rede de clínicas que reúne serviços especializados na área de saúde sexual masculina. Há 10 anos no mercado, possui nove unidades nas cidades de São Paulo, Guarulhos, Santo André, Campinas, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Rio de Janeiro e Brasília, e cerca de 120 colaboradores. Com um serviço personalizado para cada paciente, a Lifemen® conta com profissionais e tratamentos de alta qualidade, além da garantia de sigilo e privacidade. 




sexta-feira, 5 de abril de 2019

PL que cria Empresa Simples de Crédito e regime especial para startups aguarda sanção presidencial

Senador Eduardo Braga - MDB/AM
Uma medida aprovada pelo Plenário do Senado poderá ampliar a oferta e tornar mais barato o crédito a microempreendedores individuais e a donos de microempresas e empresas de pequeno porte. O Projeto de Lei 135/2018 cria a Empresa Simples de Crédito.

A ESC será responsável por operações de financiamento, de empréstimo e de desconto de títulos de crédito aos pequenos negócios – modalidades que representam 98,5% do total de empresas brasileiras e responsáveis por 54% dos empregos formais no País, segundo dados do Sebrae.

Projeto de Lei 135/2018 aguarda sanção presidencial.

Os recursos da ESC serão próprios e a receita anual da empresa não poderá passar o limite estabelecido para Empresas de Pequeno Porte (EPP) – negócios com limite de faturamento anual de R$ 4,8 milhões.

A ESC funcionará no âmbito municipal, podendo se estender a alguns municípios vizinhos ao local onde esteja situada.

Para os apoiadores da matéria no Congresso, ação é importante para melhorar o ambiente de negócios e estimular a economia.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) afirma que a criação da Empresa Simples de Crédito é positiva para deixar o sistema financeiro de crédito mais competitivo.

“Enquanto o governo brasileiro não admitir novos bancos de varejo para poder estabelecer uma concorrência no sistema financeiro de crédito que possa efetivamente representar taxas de juros menores para micro e pequeno empresários, lamentavelmente, continuaremos fazendo discursos nessa direção”.

Inova Simples

A Projeto de Lei cria ainda o Inova Simples, um regime especial simplificado para empresas que se declararem startups ou empresas de inovação.

Pelo texto aprovado, as empresas fazem todo o processo de criação e encerramento das atividades por site do governo federal, no mesmo ambiente digital do Portal do Empreendedor.

Para abrir a empresa, o titular precisará preencher uma ficha cadastral na internet. A sede da empresa Inova Simples poderá ser comercial, residencial ou de uso misto, inclusive podendo se instalar onde funcionam parques tecnológicos, instituições de ensino, empresas juniores ou incubadoras.

Após o preenchimento do formulário será gerado, automaticamente, o número de CNPJ e abertura de conta bancária para captação de capital.

A advogada tributarista Priscila Faricelli destaca que o Projeto de Lei vai ao encontro da necessidade de simplificação tributária no país.

“Isso vem um pouco em linha com a necessidade brasileira institucional de simplificar, não só o sistema tributário como as obrigações tributárias. É algo louvável porque tudo que venha para simplificar nosso modelo tem que ser homenageado”, destaca Priscila.

Texto: Thiago Marcolini


Revistinha personalizada para colorir - Lembrancinha de aniversário

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Cardiologista do HCor dá dicas de exercícios físicos para os idosos

O ideal é fazer duas vezes na semana somente exercícios aeróbios como a caminhada, hidroginástica, bicicleta, etc. Nos dias restantes priorizar os exercícios de fortalecimento muscular, sempre acompanhados de um personal trainer com um programa de treinamento individualizado

A prática de exercícios físicos regulares é boa em qualquer idade. Idosos e jovens devem acumular 150 minutos de atividade moderada por semana e isso pode incluir caminhada, natação, ciclismo e pilates. Ter uma vida saudável depende tanto de uma alimentação balanceada, como da prática regular de exercícios físicos. Porém, quando chegamos a uma idade avançada, nosso corpo perde a agilidade de fazer caminhadas e exercícios, devido ao enfraquecimento dos ossos. Portanto, a atividade física na terceira idade é essencial para quem quer manter uma vida saudável e aumentar sua qualidade e expectativa de vida.

Os exercícios físicos na terceira idade traz inúmeros benefícios para o indivíduo, e entre eles estão o aumento do HDL – colesterol, a redução dos triglicerídeos, diminuição da pressão arterial, redução da gordura corporal devido ao aumento do gasto calórico diário, ganho de massa muscular propiciando ao idoso maior autonomia funcional, diminuição de lesões causadas por quedas, além de ajudar a prevenir doenças cardíacas e vasculares, hipertensão arterial, diabetes, câncer de mama e próstata, obesidade, osteoporose, stress, depressão, etc.

Para o cardiologista e médico do esporte do HCor (Hospital do Coração), Dr. Nabil Ghorayeb, o ideal é fazer duas vezes na semana somente exercícios aeróbios como a caminhada, hidroginástica, bicicleta, etc. “Nos dias restantes priorizar os exercícios de fortalecimento muscular, sempre acompanhados de um personal trainer com um programa de treinamento individualizado. É importante que seja feito o controle da frequência cardíaca através do monitor cardíaco, e que a pessoa permaneça pelo menos 50% do tempo total do exercício dentro da frequência cardíaca de treino”, esclarece Dr. Ghorayeb.

Para alcançar o objetivo, de acordo com o médico do esporte do HCor, é necessário realizar essas atividades no mínimo cinco vezes por semana, de 45 a 60 minutos, com cargas entre leve e moderada, respeitando sempre as características de cada um, suas necessidades, objetivos e principalmente suas limitações. “É fundamental fazer uma avaliação médica detalhada e escolher os exercícios corretos, para que cause sensações de prazer e não de dor ou desconforto. Além do prazer, outros aspectos como a eficácia, segurança e a motivação devem ser levados em consideração pelos profissionais que atuam na geriatria”, afirma.

Exercícios indicados para os idosos: pessoas saudáveis na faixa dos 70 e 80 anos têm menor força muscular estática e dinâmica em até 40%. Chega a 33% a quantidade de pessoas com mais de 65 anos absolutamente paradas ou sedentárias extremas nos Estados Unidos. E treinamentos com pesos (musculação) é algo insignificante nessa mesma população pesquisada. As doenças crônicas diminuem a capacidade física e mental, comprometem o indivíduo, profissional e socialmente e o levam à dependência familiar e pública.

Dicas do médico do esporte HCor para uma terceira idade saudável:

Caminhada: além de promoverem o convívio social, fortalecem os músculos e as articulações e melhoram o ritmo cardíaco. Durante a caminhada, é importante manter as costas e os ombros eretos e usar tênis confortável, com amortecimento. O idoso deve começar com trajetos curtos e ir aumentando a distância até fazer caminhadas de 30 a 60 minutos, três vezes por semana. Antes e depois das caminhadas, é muito importante alongar para evitar lesões;

Natação: a natação é um dos melhores exercícios para a terceira idade porque tem muitos benefícios como alongar e fortalecer os músculos e articulações do corpo, prevenir o aparecimento de lesões, aliviar as dores causadas pela artrite, evitar a perda óssea e diminuir o risco de doenças como diabetes ou hipertensão, por exemplo;

Andar de bicicleta: também é uma boa opção de exercício para idosos porque ajuda a fortalecer as articulações, especialmente as dos joelhos, tornozelos e quadril, além de ajudar a fortalecer os músculos das pernas e abdômen. Além disso, andar de bicicleta ajuda a baixar a pressão arterial e a aliviar as dores provocadas pela artrite;

Alongamentos: além de melhorarem a flexibilidade e a circulação sanguínea, melhora a amplitude dos movimentos, favorecendo a realização das atividades da vida diária como arrumar a casa ou cozinhar, por exemplo. Além disso, os exercícios de alongamento ajudam a diminuir a rigidez das articulações e músculos e a evitar o aparecimento de lesões;

Hidroginástica: na hidroginástica, todos os músculos do corpo são exercitados e a água favorece o relaxamento das articulações, aliviando as dores e desenvolve a força e resistência do corpo. Além disso, a hidroginástica melhora o ritmo cardíaco e a saúde dos pulmões;

Yoga: a yoga varia exercícios de força com exercícios de equilíbrio, e ajuda a melhorar a postura, estabilidade e flexibilidade do corpo, além de ajudar a alongar e tonificar os músculos e relaxar as articulações;

Pilates: ajuda a estimular a circulação, aumenta a flexibilidade e força, favorecendo a coordenação dos movimentos. Além disso, o pilates ajuda a melhorar a postura e a aliviar o estresse. O idoso deve parar de fazer os exercícios se começar a sentir dor intensa e deve consultar o médico para continuar a praticar o exercício.


Forminha de doces para festa de formatura
Comprar este produto

Transparência em jogo: Deputado quer impedir “lives” de colegas no parlamento.

Dep. Campos Machado - PTB
Por: Luiz Flávio Gomes

 
Conflito de gerações. O deputado Campos Machado (PTB) quer restringir postagens e “lives” (transmissões ao vivo) na tribuna, no plenário, audiências e comissões da Assembleia Legislativa. Isso contraria tudo que defendemos com a Democracia Direta Digital (DDD).

Que cada um seja responsável pelo que faz e que seja efetivamente responsabilizado quando faz incorretamente, mas parlamentos são espaços públicos por excelência. Num país em que as elites do poder são extremamente corruptas (posição 105 no ranking da Transparência Internacional), tudo que o povo tem direito é saber o que está se passando dentro dos parlamentos. Em pleno século 21 é impossível proibir o uso pelos próprios parlamentares de smartphones, tablets e “similares”.

A transparência é valor de primeira grandeza nas sociedades abertas e democráticas. Os novos tempos “conectados” vieram para ficar. Não há como refutar essa realidade. O parlamentar não pode esconder nada da sua vida pública. Os juízes e tribunais admitem que até mesmo coisas da vida privada dele, de interesse público, podem ser divulgadas. “Lives” são monólogos, em regra. Daí a necessidade de responsabilidade. Não podemos tolerar abusos, mas o uso da tecnologia tornou-se inevitável.

Luiz Flávio Gomes: Mestre em Direito Penal, pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Foi Delegado de Polícia aos 21 anos, Promotor de Justiça aos 22 e Juiz de Direito aos 25, exerceu também a advocacia. Fundou a Rede LFG, democratizando o ensino jurídico no Brasil. Doutor em Direito Penal, jurista e professor. Publicou mais de 60 livros, sendo o seu mais recente “O Jogo Sujo da Corrupção”. Foi comentarista do Jornal da Cultura. Escreve para sites, jornais e revistas sobre temas da atualidade, especialmente sobre questões sociais e políticas, e seus desdobramentos jurídicos. Em 2018 candidatou-se pela primeira vez com o objetivo de defender a Ética, a Justiça e a Cidadania. Criador do movimento de combate a corrupção, “Quero um Brasil Ético”. Doutor em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade Complutense de Madri. Eleito Deputado Federal por São Paulo – PSB com 86.433 votos.



domingo, 16 de dezembro de 2018

Natal chega aos terminais D. Pedro I e AE Carvalho neste sábado (15)



Neste sábado, 15 de dezembro, o Papai e Mamãe Noel estarão presentes no Terminal Parque D. Pedro I e AE Carvalho para receber e alegrar as crianças e famílias. Eles irão espalhar o clima natalino nos terminais das 11h às 17h.

Durante este fim de semana também continua a circulação dos ônibus iluminados com decoração natalina, oferecendo passeios gratuitos à partir das 19h30, com saída de 20 em 20 minutos. Após o horário, eles partirão da Praça Charles Miller, Pacaembu; da Rua Alvinópolis – Estação de Metrô Vila Matilde; e da Avenida Jornalista Roberto Marinho – Estação de Transferência Água Espraiada.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Manifestação Pública contra a MP 841 e em defesa dos recursos da Cultura



Manifestação Pública contra a MP 841 e em defesa dos recursos da Cultura









" 1- Demoramos muitos anos para despertar a atenção de todos sobre a participação dos fazedores de cultura em 3% sobre os jogos de loteria e quando estamos prestes a conseguir esta vitória, vem o governo e baixa uma Mp, a 841 que tira de nós esta chance.

2- Por justiça a OAB se soma nesta luta a favor dos fazedores de cultura e promove no dia 4 de julho, às 19:00 no TUCA um ato de desagravo contra esta intenção.

3- É hora de nos somarmos a esta iniciativa e comparecer neste dia, em apoio aos que enfim defendem nossos interesses.

4- Compareça e leve um colega, espalhe a notícia, venha, é realmente importante.


Maestro Amilson Godoy"



Saiba mais aqui

quarta-feira, 7 de março de 2018

UFSCar oferece especialização em Fisioterapia Neurofuncional



As inscrições estão abertas e as atividades começam no mês de maio



O tratamento de pessoas acometidas por doenças que atingem o sistema nervoso, como Parkison, Esclerose Múltipla e Síndrome de Guillain Barre, envolve profissionais de diversas áreas, entre eles o fisioterapeuta neurofuncional, cuja atuação está em pleno crescimento no Brasil.
As doenças neurológicas, sejam as genéticas ou as causadas por traumas, como um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e outras lesões, podem incapacitar uma pessoa a se movimentar normalmente, e a Fisioterapia Neurofuncional visa restabelecer a capacidade do indivíduo em exercer atividades cotidianas, ou tornar o paciente o mais independente possível.
A professora Anna Carolyna Lepesteur Gianlorenço, do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), explica que o envelhecimento da população e um número cada vez maior de fatores de risco, como as doenças crônicas - hipertensão, diabetes, obesidade -, têm provocado o aumento das doenças neurológicas e, consequentemente, aumentado a procura por fisioterapeutas especializados na área.
Com o objetivo de capacitar fisioterapeutas para atuarem nos diferentes níveis de tratamento das doenças neurológicas, a UFSCar oferece o curso de especialização em Fisioterapia Neurofuncional. Entre outras, os alunos do curso desenvolverão competências como a comunicação. "É essencial que o fisioterapeuta trabalhe a comunicação na equipe multiprofissional numa atitude humanizada e integrada", afirma Gianlorenço.
As inscrições estão abertas no sitewww.neurofuncional2018.faiufscar.com e as vagas são limitadas. A pós-graduação terá início no dia 1º de maio e as aulas teóricas e práticas serão ministradas por professores renomados para turmas reduzidas. Mais informações também na página do curso na Internet.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

O desleixo como sintoma do auto-abandono

Atrelado não apenas à falta de cuidado, o desleixo possui causas bem mais complexas do que se imagina

A busca pela validação de nossas qualidades pela aprovação de outros, seja ela no relacionamento no qual apenas uma das partes se doa ou no trabalho em que não se sente devidamente reconhecido, onde no findar de mais um dia se encontrará cansado, perdido, esgotado e ainda sentindo-se lesado pela vida, por não conseguir avançar, são apenas alguns dos comportamentos negativos de milhares de pessoas que se sentem derrotadas diante das suas próprias expectativas, o que acaba desencadeando a falta de cuidado consigo mesmo, conhecida por desleixo, em todas as áreas da vida.

O desleixo é apenas uma pequena amostragem dos maus tratos que provocamos em nós quando nos rejeitamos, pois nossos pensamentos estão repletos de definições do que não somos e da falta de percepção do que somos. Simplesmente nos abandonamos por algum caminho qualquer e nem notamos. Como consequência nos condenamos a ter como companheira diária a insatisfação com o próprio corpo, com o meio social ao qual faz parte e a com a carreira, submetendo todo nosso potencial à um mero fazedor de tarefas para os outros.

Não pensar sobre projetos de vida, não desenvolver metas é literalmente desperdiçar todas as energias e habilidades em ações que não te darão retorno algum... "Olhar para si e se priorizar em nada tem a ver com egoísmo, ou narcisismo. Olhar para si é exercitar o amor próprio e pedir licença para o respeito alheio. Respeito este que só ocorre quando nos respeitamos primeiro. Volte para sua morada, faça sua faxina emocional, delete o que em nada te agrega, defina suas prioridades e tenha coragem para apropriar-se de suas preferências e de seus sonhos. Explore, conheça, assuma e admire a singularidade de ser quem é." Orienta Cláudia Deris, Coach de Carreira e Liderança.

Serviço: Dê Grau Treinamentos
Claudia Deris - Coach de Carreira e Liderança

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Na contramão da crise, trabalho freelancer deve crescer mais de 20% em 2018



 68% das pessoas pretendem começar a oferecer seus serviços de forma independente no próximo ano; área mais visada é a de produção de conteúdo 
O ano de 2017 tem sido bastante movimentado para os trabalhadores brasileiros. A taxa de desemprego no país atingiu no último trimestre, 12,7 milhões de pessoas. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), esse número vem caindo mês a mês, porém, o índice ainda é o maior desde 2012 para o período de agosto a outubro.
Além disso, as várias mudanças na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), fazem muitos brasileiros procurarem outras alternativas, seja pela oportunidade de trabalhar com um hobby ou para ganhar experiência em uma nova área além de, claro, complementar a renda. O resultado dessa onda é o crescimento do trabalho freelancer — quando o profissional atua de forma autônoma, prestando serviços para empresas ou outras pessoas —, como fonte de renda.
De acordo com a pesquisa Mercado Freelancer 2017, 77,3% dos brasileiros já atuam como freelancers, oferecendo serviços que vão de consultorias especializadas à assistência técnica. Desses, 37,1% vivem exclusivamente da atividade autônoma. O estudo, que foi realizado pelas empresas Rock Content,99jobs e We Do Logos, entrevistou mais de 9.500 profissionais de todas as áreas, entre os meses de setembro e outubro.
Os números são promissores: a pesquisa também revelou que 68% dos brasileiros que ainda não atuam como freelancers pretendem oferecer seus serviços de forma independente já em 2018, o que representará um crescimento de 20,1% no total de freelancers ativos no Brasil. O motivo desse interesse é a possibilidade de aumentar a renda, apontada por 59,3% como razão principal.
A área mais procurada pelos aspirantes a freela é a de produção de conteúdo, com 36,1%, seguida pelo marketing digital (24%). O levantamento apontou, no entanto, que 48% das pessoas não sabem por onde começar.
Ingressar na carreira freelancer pode ser uma boa alternativa em tempos de crise.  Cerca de 76% desses profissionais acreditam que terão um aumento considerável em sua renda nos próximos 12 meses.
Perfil do freelancer brasileiroDe acordo com a pesquisa, o freelancer brasileiro médio tem entre 20 e 30 anos e possui um diploma de graduação. Os cursos com maior representatividade são comunicação social, biologia e todas as engenharias.
O principal objetivo desses profissionais é ganhar dinheiro (47,1%), mas 33,4% planejam investir ainda mais em seus serviços autônomos e abrir o próprio negócio em breve.
Acesse o estudo completo no link: http://bit.ly/mercado-freelancer
Sobre as empresasRock Content - A Rock Content é a maior empresa de Marketing de Conteúdo do Brasil. Ela conecta empresas que desejam terceirizar a produção de conteúdo de seus sites à freelancers especializados.
99jobs - A 99jobs é uma plataforma de recrutamento que liga candidatos qualificados à empresa ideal levando em conta características do seu perfil profissional e o fit entre as duas partes.
We Do Logos - A We Do Logos é a maior comunidade de designers da América Latina e funciona como um intermediário entre centenas de designers e empresas que desejam criar uma identidade visual para seus negócios.






sábado, 10 de junho de 2017

Vem aí a primeira escola internacional portuguesa no Brasil


José Renato Natalini - Secretário da Educação
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente de Portugal

O secretário da Educação do Estado de São Paulo José Renato Nalini e o presidente de Portugal Marcelo Rebelo de Sousa assinam neste domingo (11) o protocolo de intenções para a criação da primeira escola internacional portuguesa no Brasil. A assinatura do documento será realizada no atual prédio da Diretoria de Ensino Regional Centro-Oeste, na capital paulista, local que será reformado para abrigar a futura escola, localizado na Rua Dr. Paulo Vieira, 257 – Sumaré / São Paulo.

Ministério da Saúde repassa R$ 28,5 milhões para 14 UPAs de 10 estados


Outras 13 unidades receberam R$ 26,7 milhões a título de qualificação. Os recursos foram são liberados considerando adequação das gestões locais à nova portaria de UPAs


Municípios de 10 estados brasileiros acabam de ganhar um reforço no atendimento de urgência e emergência para atenção de baixa e média complexidade, com a habilitação de 14 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). As unidades, que estavam prontas e ainda não funcionavam, começaram a atender a população esta semana e passam a contar com um repasse anual do Ministério da Saúde. Cada UPA deve receber um valor anual, referente a custeio, de R$ 1,2 milhão a R$ 3,9 milhões, dependendo da modalidade de custeio escolhida pela gestão local. No total, serão repassados R$ 28,5 milhões para as 14 unidades.

Outras 13 unidades, distribuídas em 07 estados e que já estavam em funcionamento, começaram a receber R$ 26,7 milhões anuais a título de qualificação. Essa verba é enviada pela pasta para bonificar as instituições, que já recebem os recursos regulares de custeio, mas que prestam serviços de referência em relação às demais. O objetivo é incentivá-las a continuar oferecendo o melhor tipo de atendimento às pessoas que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS). As portarias, que habilitam, qualificam as unidades e liberam os recursos, estão disponíveis no Diário Oficial da União (D.O.U).

As habilitações e qualificações foram baseadas na portaria nº 10/2017, que redefine as diretrizes de modelo assistencial e financiamento das UPAs e flexibiliza as regras para as unidades entrarem em funcionamento. O objetivo é incentivar o funcionamento de 340 UPAs que estão prontas ou em fase final de obras e ainda não iniciaram o atendimento à população. “Essa flexibilização foi a melhor solução encontrada, em conjunto com os estados e municípios, para que as UPAs comecem a funcionar. O objetivo é oferecer um atendimento digno e de qualidade à população. Estamos começando a colher os frutos de um trabalho sério e um esforço conjunto do Governo Federal e as gestões locais”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

As UPAS 24h existentes no país têm capacidade de realizar cerca de 130 mil atendimentos diários, ou 4 milhões mensais, a 104 milhões de brasileiros, o que representa atendimento a 50% da população. Atualmente, existem 546 unidades funcionando em todo o País, outras 160 estão concluídas e sem funcionamento. Existem ainda 255 obras em execução, sendo 178 delas em fase de conclusão. Segundo as novas regras, o avanço dos projetos deve ser monitorado para que as unidades comecem, efetivamente, a funcionar em até 90 dias após a conclusão das obras.

INVESTIMENTOS - O investimento total do Governo Federal para obras das UPAs 24h é de R$ 1,6 bilhão. Além disso, mensalmente, o Ministério da Saúde repassa os recursos de custeio que, neste ano, totalizam cerca de R$ 1,6 bilhão.

O objetivo das UPAs é prestar atendimento resolutivo e qualificado aos pacientes que estão em situação de urgência e emergência e oferecer os primeiros socorros nos casos de natureza cirúrgica e de trauma, estabilizando os pacientes e realizando a investigação diagnóstica inicial de cada caso. Desta forma, é possível encaminhar o paciente de forma referenciada aos serviços hospitalares de maior complexidade especializados, reduzindo a superlotação em hospitais gerais e prontos socorros.

Hoje, 97% dos atendimentos realizados nas UPAs têm resolução. Essas unidades exercem importante papel na assistência à população, porque complementam a estrutura já existente.

MODALIDADES - Com a nova portaria, os gestores têm oito opções de funcionamento e capacidade operacional, recebendo proporcionalmente do Ministério da Saúde valores de acordo com cada uma dessas opções. Dessa forma, a UPA poderá ter, no mínimo, dois médicos profissionais atuando, e realizando 2.250 atendimentos médicos por mês. Nesse caso, o valor de incentivo financeiro para custeio da UPA será de R$ 50 mil mensais e o valor de incentivo financeiro para qualificação será de R$ 35 mil.

No último caso, a unidade deverá ter nove médicos profissionais atuando, e realizando no mínimo 10.125 atendimentos médicos por mês. Nesse caso, o valor de incentivo financeiro para custeio da UPA será de R$ 250 mil e o valor de incentivo financeiro para qualificação também será de R$ 250 mil. A qualificação das unidades tem validade de três anos e pode ser renovada mediante novo processo de avaliação por parte do Governo Federal.

BALANÇO DE GESTÃO - Com a adoção de medidas para tornar a administração mais eficiente, foi possível realocar, em um ano de gestão, R$ 3,2 bilhões para o custeio de mais serviços do SUS. Isso representou para o cidadão a ampliação do atendimento nos hospitais, do acesso a equipamentos, medicamentos, vacinas e renovação da frota de ambulâncias. “É uma ação que permitiu que todos os recursos fossem reinvestidos na saúde dos brasileiros. Em mais serviços de saúde, credenciamento de serviços de urgência e emergência, rede cegonha, atendimento de radioterapia e também ao acesso de medicamentos. Nosso foco é simplificar a oferta de recursos e ter informações de como foi aplicado o dinheiro”, declarou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Foram habilitados 5.959 serviços de saúde em todo o Brasil. São serviços novos ou que já funcionavam, mas que não contavam com a contrapartida do governo federal, como leitos de UTI e Unidades de Pronto Atendimento (UPA). A medida beneficia 1.122 municípios distribuídos nas 27 Unidades Federativas. No mesmo período, também foi possível renovar a frota das ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em 19 estados brasileiros, reforçando e qualificando o atendimento à população. Ao todo, foram investidos R$ 53,8 milhões para aquisição de 340 unidades móveis, que substituíram os veículos que estavam há mais de cinco anos em funcionamento e sem renovação. Ainda na área de urgência e emergência, foram entregues 126 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), com custeio anual na ordem de R$ 231,6 milhões.

LISTA DE UPAS HABILITADAS

UF
MUNICÍPIOPROFISSIONAIS 24hVALOR
ALSão Miguel dos Campos06R$ 2,1 milhões
BAVitória da Conquista09R$ 3 milhões
BAJacobina06R$ 2,1 milhões
GOLuziânia04R$ 1,2 milhão
MAImperatriz04R$ 1,5 milhão
MGSão Joaquim de Bicas04R$ 1,2 milhão
MGNova Lima06R$ 2,1 milhões
MGAraguari06R$ 2,1 milhões
MGFrancisco Sá04R$ 1,2 milhão
MTCuiabá09R$ 3,9 milhões
PAParauapebas06R$ 2,7 milhões
PESurubim04R$ 1,2 milhão
RSViamão09R$ 3 milhões
SPSão Joaquim da Barra04R$ 1,2 milhão
TOTALR$ 28,5 milhões

LISTA DE UPAS QUALIFICADAS

UF
MUNICÍPIOPROFISSIONAIS 24hVALOR
BASalvador09R$ 3 milhões
BASalvador09R$ 3 milhões
BASalvador09R$ 3 milhões
BASalvador09R$ 3 milhões
CEFortaleza09R$ 3 milhões
CEFortaleza09R$ 3 milhões
GOGoianésia04R$ 840 mil
MGContagem09R$ 3 milhões
MGSanto Antônio do Monte04R$ 840 mil
MGLagoa da Prata04R$ 840 mil
PAXinguara04R$ 1 milhão
RNNatal06R$ 1,5 milhão
RSSapiranga04R$ 840 mil
TOTALR$ 26,7 milhões

sábado, 4 de março de 2017

Ipea divulga análise sobre as desigualdades de gênero e raça no Brasil

Os dados relativos ao período de 1995 a 2015 estarão disponíveis no Portal Ipea nesta segunda-feira, a partir das 11h

Nesta segunda-feira, 06/03, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgará, às 11h, em seu Portal, o Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça no Brasil. A maior parte dos dados disponíveis é composta por séries históricas de 1995 a 2015, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE e recortes de gênero e cor/raça.

O texto traz informações em 12 blocos temáticos: população; chefia de família; educação; saúde; previdência e assistência social; mercado de trabalho; trabalho doméstico remunerado; habitação e saneamento; acesso a bens duráveis e exclusão digital; pobreza, distribuição e desigualdade de renda; uso do tempo; e vitimização.

O intuito é apresentar estatísticas descritivas que possam compor um retrato atual da situação de brasileiros e brasileiras sob a perspectiva das desigualdades de gênero e raça no país, bem como um histórico que permita analisar os principais avanços e continuidades de assimetrias ao longo de duas décadas.

Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
www.ipea.gov.br

Fundação pública vinculada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada fornece suporte técnico e institucional às ações governamentais - possibilitando a formulação de inúmeras políticas públicas e programas de desenvolvimento brasileiro - e disponibiliza, para a sociedade, pesquisas e estudos realizados por seus técnicos.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Trabalhadores poderão sacar FGTS em caixas automáticos e lotéricas


O governo federal divulgou nesta terça-feira (14) o calendário para o saque dos recursos em contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Contribuição (FGTS). Agora, o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015 pode sacar o saldo da conta vinculada, estando ou não fora do regime do FGTS.

A partir de 10 de março, as contas inativas com saldo até R$ 1,5 mil poderão ser sacadas no autoatendimento da Caixa apenas com senha do Cartão do Cidadão (sem a necessidade do plástico). Já para valores entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil será necessário que o trabalhador possua o Cartão do Cidadão e senha para pagamentos no autoatendimento.

Outra opção para saque são os canais parceiros (Caixa Aqui e unidades Lotéricas), onde são permitidos saques de até R$ 3 mil, apresentando o documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e a respectiva senha. Valores acima de R$ 3 mil serão sacados exclusivamente nas agências da Caixa.

Para valores superiores a R$ 10 mil será necessária a apresentação da carteira de trabalho ou documento que comprove a extinção do vínculo do trabalho. Para quem já é correntista da Caixa, os valores serão transferidos automaticamente.

As contas inativas são aquelas criadas que ficam sem movimentação após o trabalhador sair do emprego. A expectativa é de que sejam injetados até R$ 30 bilhões na economia, com a decisão do governo de permitir que cerca de 10,2 milhões de trabalhadores retirem todo o saldo das contas inativas até 2015. Os recursos devem ser liberados em etapas, em razão do grande volume que deve ser sacado.

Regras

Todo trabalhador brasileiro com contrato de trabalho formal, regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), e, também, trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros (operários rurais que trabalham apenas no período de colheita) e atletas profissionais têm direito ao FGTS.

Os recursos do Fundo podem ser sacados em situações específicas, como quando o trabalhador se aposenta ou atinge os 70 anos e no financiamento da casa própria.

O trabalhador ainda pode sacar os recursos do FGTS em caso de doenças graves, como quando há diagnóstico de câncer em estágio terminal ou quando o trabalhador ou seu dependente foi portador do vírus HIV.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Dietas proteicas aumentam a produção de células cancerígenas


Saiba os segredos para uma boa dieta e rápidos resultados de emagrecimento, além de revelar alimentos que aceleram o processo

Quando o verão vai se aproximando as pessoas passam a procurar pelos mais diversos tipos de dietas. Em questão de segundos, é possível encontrar nos buscadores da Internet os mais inusitados regimes de emagrecimento, que prometem secar as pessoas em períodos de tempo irreais. O que preocupa os profissionais de saúde sobre essas dietas restritivas é a quantidade de tempo em que ela é realizada e por quem é feita, pois nem todas podem ser adotadas por todos.

A nutricionista esportiva Thatiana Ferreira, esclarece que a realização das dietas proteicas, tipo a Dukan, variam de pessoa para pessoa e é preciso um acompanhamento de perto por um profissional. “O histórico de saúde é muito importante antes de realizar uma dieta restritiva a proteína. Problemas hepáticos e colesterol alto são fatores que descartam a adoção dessa dieta. Ela só é indicada para pessoas saudáveis, que tem algum objetivo a curto prazo como, por exemplo, desinchar um pouco para alguma festa. Primeiro, porque o corpo tem a tendência de um rebote depois desse tipo de dieta e a pessoa ganhará o peso novamente. E, segundo, porque ela só pode ser realizada no prazo de 3 a 5 dias, sem que traga malefícios a saúde”, explica.

Além disso, segundo Thatiana, a proteína em excesso das dietas extremamente restritivas também acaba produzindo muitos radicais livres, que são formadores de câncer e envelhecimento precoce. Dessa forma, acaba-se tendo mais probabilidade de desenvolver células cancerígenas.

Thatiana explica que, para quem quer perder peso de forma duradoura, não se deve restringir a dieta, mas apenas aumentar o consumo de proteína “Além de aumentar o metabolismo corporal, a proteína está relacionada diretamente à imunidade. Cerca de 25% da energia que o corpo gasta na digestão, bem como para atividades simples como falar e andar, é retirada da proteína digerida pelo organismo. Além disso, a proteína aumenta o gasto energético só pela sua digestão, que é mais demorada. Um bife, por exemplo, demora 7 horas para ser digerido. E isso obriga também o corpo a utilizar seu estoque corporal, a gordura”, diz a nutricionista.

De acordo com a nutricionista, as diferenças biológicas entre os homens e as mulheres, são fatores determinantes na hora de fazer dietas também. “A progesterona, o hormônio sexual feminino, já é por si só acumulador de gordura e, por isso, possuímos maior massa gorda do que os homens. O homem possui maior massa magra, que por sua vez, mantém o metabolismo mais acelerado no repouso. Por isso, os homens tem maior facilidade de perda de peso do que as mulheres”, afirma a Thatiana.

A nutricionista fez uma lista de alimentos que ajudam no emagrecimento. Confira:

1. Alimentos termogênicos: Gengibre, pimenta, café, chocolate amargo, etc. Uma dica da nutricionista é tomar, em jejum, água com gengibre e limão, pois acelera o metabolismo e produz maior queima de gordura.

2. Babata doce e produtos integrais: São carboidratos, porém mais complexos. Diferente dos carboidratos simples, estes complexos demoram mais tempo para ser digeridos, causando um maior gasto calórico no organismo. Além disso, carboidratos mais complexos não fazem pico de insulina, como os simples. “A insulina é responsável por levar a glicose para dentro da célula. Quando há um pico de insulina, muito mais glicose é levada para dentro das células, que acabam se estocando em forma de gordura”, explica Thatiana.

Serviço: Tathiana Ferreira

Nutricionista

21 99477-3627

thatyvieiranutri@gmail.com

https://www.facebook.com/drathatiana.ferreira?fref=ts

terça-feira, 27 de setembro de 2016

BIG BAND SÊNIOR INAUGURA PROJETO CULTURAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Por: Claudia Souza

Foto: Claudia Souza -  O público aplaude a apresentação no Teatro Olido em agosto/2016 


O show de lançamento da Big Band Sênior será dia 29/9 - quinta-feira, às 20 horas no Teatro do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Composta por 18 músicos com mais de 50 anos de idade e 20 anos de carreira, a Big Band Sênior incorpora o projeto da UPARS - União Paulista dos Artistas Sêniores, fundada pelo Maestro e pianista Adylson Godoy.

A associação, sem fins lucrativos, inicia seu projeto com a primeira Orquestra, com músicos afiliados e terá por objetivo criar mecanismos de incentivos e proporcionar trabalho e renda para músicos e cantores com o perfil citado.

Ainda no começo, em fase de adaptação às exigências burocráticas, pretende conseguir apoio de verbas governamentais para alavancar o projeto, ainda embrião, em funcionamento provisório no espaço cedido pela Ordem dos Músicos do Brasil, Conselho Regional do Estado de São Paulo, aonde os músicos da orquestra se encontram, organizam, debatem e ensaiam o repertório da Big Band Sênior.

Sob direção musical de Adylson Godoy, regência do trombonista Renato Farias e produção de Marcelo Fontanesi, a Big Bnd Sênior é composta por cinco saxofonistas, quatro trombonistas, quatro trompetistas, um pianista, um baixista, um baterista, um guitarrista e um percussionista. No palco, os dezoito músicos, contam ao grande público “A História das Big Bands”, reproduzindo um amplo repertório dos anos 40 até a atualidade, apresentando obras de Duke Ellington, Count Basie, Tommy Dorsey, Stan Keaton, Glenn Miller, Benny Goodman, Banda Tabajara, Silvio Mazzuca, Elcio Alvares e Luís Arruda Paes, entre outros.

Vídeo institucional:




Este show que abre o Projeto Arte e Cultura no Tribunal de Justiça, sob a supervisão do Desembargador Sidney Romano dos Reis, é destinado a magistrados, servidores e ao público em geral e a entrada é franca. Por medidas de segurança, os interessados em assistir o show devem se inscrever no e-mail: artenotj@tjsp.jus.br.

Serviço:

Local: Auditório do Gade MMDC (Avenida Ipiranga, 165).
(Antigo Hilton Hotel - Metrô República).
Dia e Horário: 29/9, às 20 horas.
Entrada franca

domingo, 18 de setembro de 2016

FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO COMPLETA 50 ANOS

Maior fundo da América Latina, o FGTS possui mais de R$ 498 bilhões em ativos, 719 milhões de contas vinculadas e investimentos que ultrapassam R$ 420 bilhões em obras

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) completa 50 anos nesta terça-feira (13). Nesse período, o FGTS acumulou um total de R$ 498 bilhões em ativos e um patrimônio líquido superior a R$ 100 bilhões, consolidando-se como um dos principais agentes de desenvolvimento do país. Nos seus 50 anos, foram mais de R$ 426 bilhões aplicados em obras de moradia popular, rodovias, portos, hidrovias, aeroportos, ferrovias, energia renovável e saneamento básico.

Os investimentos a serem aplicados até 2019 em habitação, saneamento básico e infraestrutura urbana ultrapassam R$ 218 bilhões, conforme orçamento aprovado pelo Conselho Curador do FGTS. Mais de 4 mil municípios (73%) já tiveram obras financiadas com recursos do Fundo. Até junho desse ano, o FGTS havia aplicado mais de R$ 28 bilhões em obras em todos estados do Brasil.

Criado no dia 13 de setembro de 1966, o Fundo de Garantia funciona como uma poupança paga pelo empregador em nome do funcionário, equivalente a 8% da remuneração, sem descontar do salário do trabalhador. Desde sua criação, já foram realizados mais de 702 milhões de saques das contas vinculadas, totalizando mais de R$ 890 bilhões injetados na economia brasileira.

Em 2015, os trabalhadores realizaram 37,8 milhões de saques num total R$ 100 bilhões, nas 31 modalidades previstas em lei. Atualmente, o Fundo possui 37,6 milhões de contas ativas, que recebem depósitos mensais regulares, efetuados por 4,2 milhões de empregadores.

O Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que preside o FGTS, avalia que o Fundo já demonstrou possuir a capacidade de manter níveis expressivos de investimentos mesmo em cenários econômicos adversos, sem colocar em risco os recursos dos trabalhadores cotistas. “Os investimentos aprovados pelo Conselho Curador demonstram a importância do Fundo para a execução de obras estratégicas no país. E, por outro lado, o aniversário de 50 anos marca também a garantia do FGTS como um direito do trabalhador brasileiro”, afirma.

O Fundo de Garantia apresentou evolução expressiva em todos seus números nessa última década. O ativo total do Fundo avançou 167% no período, de R$ 186 bilhões para R$ 498 bilhões. O patrimônio líquido saltou 376% desde 2006, saindo de R$ 21 bilhões para os atuais R$ 100 bilhões. A arrecadação bruta do FGTS que era de R$ 36 bilhões anuais alcançou R$ 114 bilhões, uma evolução de 216% no período. O total de contas administradas também cresceu. O Fundo possuía 514 milhões de contas vinculadas e hoje o total ultrapassa 719 milhões.

Investimentos em Saneamento, Infraestrutura e Habitação:

Ao longo de sua existência, o FGTS investiu cerca de R$ 360 bilhões - em valores nominais - para o financiamento de 10 milhões de moradias, beneficiando diretamente 58 milhões de brasileiros. A estimativa é que mais de 18 milhões de empregos tenham sido gerados ou mantidos pelas obras financiadas.

Nos últimos dez anos (2006 a 2015), o Fundo foi responsável por 52% das unidades habitacionais contratadas no Brasil. Isso representa 3,9 milhões de moradias de um total de 7,67 milhões, incluindo as unidades contratadas com recursos da poupança (SBPE). Apenas em 2015, foram financiadas 526 mil unidades com recursos do FGTS, o que equivale a 60,6% do total de 868 mil unidades financiadas no país.

Os recursos direcionados pelo FGTS para financiar obras de saneamento e infraestrutura, por intermédio de seus vários programas, somaram em 2016 cerca de R$ 66 bilhões em valores nominais. Os investimentos em obras de saneamento e infraestrutura geram efetivo crescimento do bem-estar social a 137 milhões de brasileiros e já contribuíram para a criação de mais de 5 milhões de empregos. O orçamento do Fundo para saneamento e infraestrutura para o próximo triênio é de R$ 44 bilhões.

Ministérios do Trabalho e Cidades – Gestão

O Conselho Curador do FGTS é a instância máxima de deliberação. Formado por 24 representantes que incluem membros do governo federal, de entidades dos trabalhadores e dos empregadores, o Conselho aprova de forma colegiada as decisões do Fundo em reuniões que normalmente acontecem a cada dois meses.
O Ministro do Trabalho ocupa a presidência do Conselho do Conselho Curador. Além disso, o Ministério é responsável pela apuração dos débitos e das infrações praticadas pelos empregadores.

O Ministério das Cidades é o responsável pela elaboração do orçamento e gestão da aplicação do FGTS, além de ocupar a Vice-presidência do Conselho Curador.

Agente Operador do FGTS


A CAIXA centraliza todos os recolhimentos mensais e controla as 719 milhões de contas vinculadas em nome dos trabalhadores. A CAIXA emite ainda os Certificados de Regularidade do FGTS - CRF, que atestam se os empregadores e tomadores de recurso estão em dia com suas obrigações. Além disso, define procedimentos operacionais que serão necessários à execução dos programas de habitação popular, saneamento básico e infraestrutura.

A CAIXA é responsável por toda parte de atendimento ao trabalhador e ao empregador. Foi realizado, em dois anos, o pagamento de 93 milhões de saques. Mais de 60 mil por hora. Para isso, o banco coloca à disposição da população mais de 60 mil pontos de atendimentos, inclusive no exterior. Desde 2010, já foram realizados mais de 11 mil saques feitos por brasileiros que moram fora do país. O banco investe constantemente em soluções inovadoras para atendimento às demandas do Fundo, dos trabalhadores e empregadores.

Em comemoração ao aniversário de 50 anos do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço, serão lançados o bilhete das Loterias CAIXA e o selo oficial dos Correios. Além disso, haverá também uma premiação para os vencedores das melhores monografias sobre a temática do fundo no ano 2016.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

SHOW GRATUITO CONTA A HISTÓRIA DAS BIG BANDS NO TEATRO OLIDO



Inspirada nas Big Bands dos anos dourados, a Big Band Sênior está saindo do forno para se apresentar no Teatro Olido e no Auditório do Tribunal de Justiça - SP, inaugurando a iniciativa da UPARS – União Paulista dos Artistas Sêniores, que foi criada para incentivar mecanismos geradores de oportunidades para músicos com mais de 50 anos de idade e 20 anos de carreira.



O projeto com quase dois anos, tem como idealizador o Maestro e pianista Adylson Godoy. A ideia surgiu em uma conversa informal com o contrabaixista Amador Bueno, quando comentavam sobre a falta de políticas públicas para favorecerem os músicos profissionais, principalmente na área da música instrumental, pouco contemplada por patrocínios.



Não demorou muito e a UPARS foi fundada, tendo no casting inaugural, a Big Band Sênior, composta por 36 músicos renomados, da mais alta qualidade, dos quais, metade são intercalados entre as apresentações, aonde o caçula completou este ano 50 anos e o mais velho está com 90 anos de idade.



Composta por 5 saxofonistas, 4 trombonistas, 4 trompetistas, 1 pianista, 1 baixista, 1 baterista, 1 guitarrista e 1 percussionista; os 18 músicos juntos, contam ao grande público “A História das Big Bands” reproduzindo um amplo repertório dos anos 40 até a atualidade, que remonta Duke Ellington; Count Basie; Tommy Dorsey; Stan Keaton; Glenn Miller; Benny Goodman; Banda Tabajara; Silvio Mazzuca; Elcio Alvares, Luis Arruda Paes, entre outros.



A estreia tem por objetivo, documentar o trabalho que está sendo ensaiado há um ano aproximadamente nos bastidores do auditório da Ordem dos Músicos do Brasil, que cedeu gentilmente o espaço, para que os músicos desenvolvessem a Orquestra, reuniões, bem como a fundação da UPARS – União Paulista dos Artistas Seniores, que já está constituída, avançando do estado embrionário de associação, para constituição de uma OSCIP, que terá por objetivo, criar projetos de leis favoráveis aos músicos associados e captação de recursos governamentais a fim de fomentar os fazedores de cultura que estão atingindo a “melhor idade” e que em maioria não desfrutam de nenhuma política pública em detrimento de sua alta capacidade de realização.



“A Big Band Sênior é a prova de que o bom músico não tem data de validade e possui além da experiência, grande poder e força de vontade. Eles só precisam de um bom palco, condições técnicas e incentivo financeiro para mostrarem o seu melhor e contribuírem com a arte e a cultura musical de nosso país”. Disse Adylson Godoy, fundador da UPARS.



Através da UPARS, a Orquestra já está com o projeto aprovado pela Lei Rouanet (PRONAC nº 1410552, artigo 18) e em busca de captação de recursos.



Os músicos e cantores interessados em participarem da UPARS, podem se associarem gratuitamente no blog provisório http://upars.blogspot.com.br/p/associe-se-gratis.html para receberem informações de projetos futuramente criados para cada perfil de trabalho.





Próximas apresentações:



Dia 08/08 – 20 hs

Teatro Olido

Av. São João, 473 – Centro – São Paulo – SP

Entrada Franca

(Chegar 1 hora antes para retirar ingresso).


Dia 29/9 – 20 hs


Auditório do Tribunal de Justiça

(Antigo Hilton Hotel)

Av. Ipiranga, 165 – República – Centro – SP

Entrada Franca

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Temer defende geração de empregos no Paraná‏



O presidente em exercício Michel Temer participou, nesta terça-feira (28), da inauguração da fábrica de celulose da Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, localizada no município de Ortigueira, no Paraná. Durante entrevista à imprensa, Temer destacou que o novo empreendimento gera, apenas neste primeiro momento, mais de 1.500 postos de trabalho, além de oferecer trabalho a cerca de 40 mil pessoas durante a construção da fábrica, “o que mostra as potencialidades do Brasil”, ressaltou.

O presidente reforçou também a integração entre o Executivo e o Congresso Nacional, conquistada pelo atual governo, possibilitando a aprovação de projetos relevantes para o País. Entre eles está o projeto que solucionou as dívidas dos estados com a União. “Apenas no Paraná, cerca de R$ 500 milhões serão reinvestidos gerando ainda mais empregos”, argumentou citando, ainda, a limitação dos gastos públicos proposta pelo governo, com emenda constitucional já encaminhada ao Congresso.

www.baladadafada.com.br
facebook/baladadafada

sexta-feira, 27 de maio de 2016

CFM repudia violência contra a mulher

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje, 27 de maio, nota à sociedade manifestando repúdio e indignação diante da agressão sofrida por uma adolescente de 16 anos, no Rio de Janeiro, submetida a ato de extrema violência. No documento, a autarquia defende que as autoridades devem apurar o ocorrido e garantir que "os responsáveis sejam exemplarmente punidos pelo crime cometido com requintes de frieza e crueldade e pela certeza de da impunidade".


NOTA À SOCIEDADE

O Conselho Federal de Medicina (CFM) manifesta seu repúdio e sua indignação diante da agressão sofrida por uma adolescente de 16 anos, no Rio de Janeiro, submetida a ato de extrema violência que atinge não apenas uma, mas todas as mulheres.

Situações semelhantes materializam a face torpe do abuso e da violência por conta de questões sexuais e de gênero, as quais não podem ser ignoradas ou tratadas com naturalidade.

As autoridades devem apurar o ocorrido e garantir que os responsáveis sejam exemplarmente punidos pelo crime cometido com requintes de frieza e crueldade e pela certeza da impunidade.


CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA​

quarta-feira, 18 de maio de 2016

MICHEL TEMER TRANQUILIZA CLASSE ARTÍSTICA



O Presidente interino Michel Temer divulgou agora a noite um áudio tranquilizando a classe artística. Ele declarou que a fusão entre os Ministérios da Cultura e Educação tem por objetivo ampliar ainda mais os incentivos. 

www.baladadafada.com.br
facebook: baladadafada