Assista nossos Programas

domingo, 13 de dezembro de 2015

SECRETARIA DA CULTURA SOLICITA QUE PAIS ATUALIZEM OS DADOS PELA INTERNET

COMUNICADO

A Secretaria da Educação do Estado esclarece que todos os alunos da rede estadual têm suas matrículas garantidas para o ano letivo de 2016. O primeiro dia de aula, que ocorreria em 1º de fevereiro, será postergado para o dia 15 do mesmo mês a fim de possibilitar que as mudanças necessárias para o começo das aulas possam ser efetuadas sem prejuízo aos estudantes.

São elas:

- Nova matrícula para os alunos das escolas que seriam impactadas pela reorganização. Como todas as matrículas voltam ao estágio inicial, os estudantes continuarão na mesma escola, em processo que será feito automaticamente, sem a necessidade de solicitação por parte dos responsáveis. A consulta pela internet poderá ser feita a partir do dia 5 de janeiro, no portal da Secretaria da Educação;

- Novo período de transferência dos estudantes (de 5 a 11 de janeiro). Todos os alunos que já pediram transferência para outras unidades de ensino deverão refazer a solicitação em decorrência da não reorganização das escolas. A consulta para saber se a transferência foi efetivada na escola requerida poderá ser feita a partir do dia 22 de janeiro, no portal da Secretaria da Educação;

- Alteração e adaptação de toda logística envolvendo merenda escolar, transporte, mobiliário e kit de material escolar;

- Alteração e adaptação da rede de suprimentos, por meio do qual as escolas podem adquirir insumos de limpeza, higiene e material de escritório.

O encerramento do ano letivo de 2015 acontece normalmente em 96% das escolas da rede estadual. Nos locais onde ocorreram ocupações, um calendário complementar está sendo validado junto às Diretorias de Ensino, garantindo a todos os alunos os 200 dias letivos, o que poderá ocorrer entre os meses de dezembro deste ano e janeiro de 2016.

Para os professores, o período de atribuição de aulas ocorrerá do dia 1 ao dia 5 de fevereiro. Todas as coordenadorias da Secretaria estão articuladas para operacionalizar as mudanças em consonância com as Diretorias de Ensino, garantindo, assim, o menor prejuízo possível aos estudantes.

É importante que pais e responsáveis atualizem seus dados no endereço:www.atualizeseusdados.educacao.sp.gov.br. Os dados são importantes para que as escolas mantenham as famílias cientes de todas as novidades e oportunidades de estudos.

sábado, 5 de dezembro de 2015

Marco Regulatório do Terceiro Setor - LEI Nº 13.019, DE 31 JULHO DE 2014

* Rubens Paim

A lei 13.019/14 que passará a vigorar a partir de janeiro 2016, instituiu normas gerais para parceria voluntárias entre administração pública (União, Estados e Municípios) e as entidades civis sem fins lucrativos. Dentre as principais inovações trazidas podemos destacar:

(i) instituiu o novo Termo de Colaboração e Termo de Fomento como instrumentos de formalização das parcerias;

(ii) impõe o Chamamento Público para escolha da entidade;

Neste presente artigo procuramos citar apenas alguns pontos relevantes em referência a estatuto social para poder se valer da parceria.

Chamamento Público


A organização da sociedade civil que receberá tais transferências será selecionada por meio de um procedimento nominado de “chamamento público” e, após escolhida, deverá celebrar um “termo de colaboração”.

Cláusulas que deverão estar presentes no estatuto da Associação entre outras

I - previsão de que, em caso de dissolução da entidade, o respectivo patrimônio líquido será transferido à outra pessoa jurídica de igual natureza que preencha os requisitos desta Lei e cujo objeto social seja, preferencialmente, o mesmo da entidade extinta;

II - que se dê publicidade, por qualquer meio eficaz, no encerramento do exercício fiscal, ao relatório de atividades e demonstrações financeiras da entidade, incluídas as certidões negativas de débitos com a Previdência Social e com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS, colocando-os à disposição para exame de qualquer cidadão.

Responsabilidade do dirigente da organização Presidente


A organização da sociedade civil indicará ao menos um dirigente que se responsabilizará, de forma solidária, pela execução das atividades e metas pactuadas na parceria, devendo esta indicação constar do instrumento da parceria.

Principais Cláusulas do termo de colaboração ou do termo de fomento (artigo 42)

- obrigação de prestar contas;

- faculdade dos partícipes rescindirem o instrumento, a qualquer tempo, com as respectivas condições, sanções e delimitações claras de responsabilidades, além da estipulação de prazo mínimo de antecedência para a publicidade dessa intenção, que não poderá ser inferior a 60 dias;

- responsabilidade exclusiva da organização da sociedade civil pelo pagamento dos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais relativos ao funcionamento da instituição e ao adimplemento do termo de colaboração ou de fomento, não se caracterizando responsabilidade solidária ou subsidiária da administração pública pelos respectivos pagamentos, qualquer oneração do objeto da parceria ou restrição à sua execução.

Prestação de Contas

A organização da sociedade civil está obrigada a prestar as contas finais da boa e regular aplicação dos recursos recebidos no prazo de até 90 dias a partir do término da vigência da parceria, conforme estabelecido no respectivo instrumento.

A administração pública terá como objetivo apreciar a prestação final de contas apresentada, no prazo de 90 a 150 dias, contado da data de seu recebimento, conforme estabelecido no instrumento da parceria.

O presente artigo não visa esgotar o tema, apenas dar um norte e mostrar para Sociedades do Terceiro Setor que será necessário uma readequação do Estatuto Social, a fim de estar apto a realizar a parceria com Estado.

* Rubens Paim é sócio no escritório Mendes & Paim.

Sobre Mendes & Paim

Constituído em 1998, a sociedade nasceu com o objetivo de buscar a excelência na prestação de serviços advocatícios, desenvolvendo as soluções mais apropriadas seja na área consultiva como contenciosa, seus sócios estão envolvidos pessoalmente em todos os casos apresentados juntamente com os colaboradores.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

ADVOGADOS E TÉCNICOS DISCUTEM FRAUDE NAS URNAS ELETRÔNICAS

Hugo Hoechl no Conclave pela democracia - Foto: Claudia Souza
O Comitê organizador do Conclave pela Democracia acaba de divulgar o balanço técnico do evento que ocorreu em São Paulo, no último dia 28. A principal conclusão desse documento é que a eleição eletrônica de 2014 foi reprovada nos testes de consistência probabilística. Essa inconsistência técnica repercute também em aspectos jurídicos e históricos. "Esse estudo técnico foi ainda publicado na revista da IPA, a Associação Policial Internacional, o mesmo local onde iniciaram os questionamentos sobre a FIFA, os quais, mais tarde, acabaram dando origem à operação internacional que culminou na prisão de vários dirigentes, incluindo o então presidente da CBF", destaca a advogada Tânia Cristina Bueno, doutora em Inteligência Aplicada e uma das coodenadoras técnicas do Conclave, ao garantir a originalidade e confiabilidade do documento.

No painel "O DNA da fraude", foram apresentadas as planilhas de dados e as análises estatísticas dos números eleitorais de 2014. Quando analisados pelos mesmos critérios utilizados em investigações internacionais de fraudes (como o caso FIFA e o caso ENRON), os dados eleitorais brasileiros apresentam muitas vulnerabilidades, com a probabilidade de 73,14% de exposição a fraudes, o que significa potencial suficiente para alteração dos resultados no 1º e no 2º turnos da eleição presidencial de 2014. "Isso acontece porque os dados eleitorais originários (votos) não podem ser auditados, restando somente a possibilidade de auditar estatisticamente os resultados agrupados, a partir dos boletins de urna e dos mapas eleitorais", aponta Hugo Hoeschl, pós-doutor em Governo Eletrônico e ex-presidente da Associação Brasileira de Empresas Estaduais de Tecnologia da Informação. Nesse caso, o grau de confiabilidade da eleição eletrônica brasileira é de apenas 26,85%. Destaca-se que o mesmo estudo foi feito sobre os dados da eleição de 2010, e o resultado foi considerado dentro da normalidade, ao contrário de 2014, considerado inconsistente.

Outro critério utilizado no estudo eleitoral é a contabilização comparativa de algarismos em grandes séries históricas, e casos nos quais existem muitos algarismos "9" próximos de grandes números redondos (por exemplo, alguém lança números como 9.999 para evitar chegar em 10.000, o que muda a proporcionalidade natural). Nos ambientes internacionais, isso é considerado um forte indício de fraude quando ocorrem muitas repetições, e esse foi um dos métodos de investigação utilizado no Brasil no famoso caso "Maluf", onde foram descobertas diversas fraudes contábeis. Por essa razão, o estudo eleitoral já havia sido publicado, em sua fase embrionária, também na revista Justiça Fiscal, editada pelos procuradores que investigam sonegação e lavagem de dinheiro.

Um comparativo de logicidade apresentado no evento diz respeito ao sequenciamento numérico, e que já havia sido apresentado perante o congresso Jurix 2014. É aquilo que se chama de "A forca de números", uma metáfora sobre o antigo jogo de "forca", onde o jogador tem que adivinhar as letras de uma palavra. A boa estratégia do jogo de "forca" diz para iniciar o jogo pela letra "A", que é a letra que mais aparece nas palavras. No mundo das probabilidades numéricas, a letra "A" equivale ao número "1" (algarismo), e nesse caso, a eleição brasileira, segundo os estudos apresentados, equivale a um texto que tem mais letras "W" e "X" do que "A" e "B". No cenário internacional, isso também é considerado um forte indício de fraude.

De acordo com Dalmo Accorsini, documentarista brasileiro radicado nos EUA, o evento "aglutinou as melhores mentes brasileiras no espaço extrapartidário e atingiu plenamente os seus objetivos de conectar massa crítica de alto nível sobre a democracia no Brasil e na América Latina".

O Conclave pela Democracia foi uma realização conjunta do IID, que tem base nos Estados Unidos, e do Instituto i3G. O IID é um instituto de pesquisa e mobilização baseado em Miami/EUA, fundado por exilados políticos da Venezuela, Cuba e Bolívia. Dentre suas preocupações, estão a defesa de valores como liberdade, democracia e a instituições, através da promoção de debates, estudos acadêmicos e eventos.

Maiores detalhes sobre o relatório técnico e os dados estatísticos:

https://pt.scribd.com/doc/282755598/Evidencias-de-inconformidades-formais-nos-dados-da-apuracao-da-eleicao-eletronica-brasileira-de-2014#scribd

CONTATO PARA ENTREVISTAS OU PARA MAIS DETALHES SOBRE OS RESULTADOS DO EVENTO:

Hugo Hoeschl = Telefone +55 48 8834 0682 ou e-mail hugo.hoeschl@gmail.com
Fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/dino/noticias/conclave-pela-democracia-aponta-vulnerabilidade-no-processo-eleitoral-brasileiro.shtml?fullsite=true


terça-feira, 29 de setembro de 2015

INTEGRANTES DA CPI DO HSBC PEDEM GARANTIAS PARA ACESSO ÀS DOCUMENTAÇÕES




























Paulo Rocha e integrantes da CPI do HSBC pedem a Janot garantias para acessar documentação de Hervé Falciani


O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o escândalo de evasão de divisas por meio de contas secretas abertas por brasileiros no HSBC da Suíça – CPI do HSBC, senador Paulo Rocha (PT-PA), e os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Ricardo Ferraço (PMDB-ES), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Ciro Nogueira (PP-PI), pediram ao procurador-geral da Republica, Rodrigo Janot, para o compartilhamento dos dados encaminhados pelo governo da França à PGR e Receita Federal.

Durante reunião com Janot, os parlamentares resaltaram que tais dados vão ser importantes para a continuidade das investigações na Comissão.

O responsável pela denuncia da fraude fiscal bancária que favoreceu mais de 8 mil correntistas brasileiros na filial suíça do HSBC, engenheiro de sistemas de informática, Hervé Falciani, garantiu em audiência publica, que fornecerá toda documentação para CPI do senado.

O impedimento é que, antes, o compartilhamento precisa ser autorizado pelo governo francês, de acordo com o que estabelece a legislação daquele país.

O procurador-geral se mostrou muito receptivo ao pleito dos parlamentares e disse que reforçará o pedido formal à França para que possa compartilhar os dados com a CPI do HSBC, e vai mais uma vez, explicar que no Brasil as comissões de inquérito no Congresso têm poderes judiciais.

INDÚSTRIA BRASILEIRA PEDE SOCORRO

Os industriais da zona Leste decidiram criar um movimento peladefesa da indústria brasileira. Segundo sua página no Facebook (#lutapelaindustria), “a luta é dos industriais e trabalhadores indignados com a ultrajante situação da indústria brasileira”.

Para os organizadores, já estava na hora de lançar uma campanha para mostrar a insatisfação com o descaso dos governantes sobre os efeitos da desindustrialização. “O empresário nacional não está contente, pelo contrário, está nervoso e revoltado com a situação cada vez mais difícil”, resume Charbel Najib Mattar, da Primo Industrial.

“Nós estamos em estado de luto porque a indústria está quebrando.” De fato, o slogan da campanha “Luta em defesa da indústria” mostra uma bandeira estilizada nas cores verde e amarela, com uma tarja preta sobreposta.

As estratégias de disseminação, porém, ainda estão sendo avaliadas. “A ideia é divulgar o movimento entre os industriais para incentivar a mobilização da nossa classe. O industrial brasileiro não está habituado a defender seus interesses pessoalmente, estamos sempre terceirizando essa tarefa, que é exclusivamente nossa. Principalmente o pequeno e o médio industrial costumam seguir o que definem as grandes empresas ou o próprio governo. É muito provável que essa falta de mobilização seja a raiz dos problemas que enfrentamos”, pondera Ricardo Martins, diretor do CIESP Leste.

Estão sendo programados encontros de empresários e possíveis manifestações para divulgar os pleitos do movimento.Para mais informações, basta entrar no site www.lutapelaindustria.org. Lá, os interessados podem se cadastrar, baixar o logotipo e sugerir iniciativas. Na página do Facebook, os participantes podem participar da comunidade, compartilhar experiências e opiniões e ajudar o movimento a crescer para sensibilizar os poderes constituídos em defesa da indústria.

CIESP DISTRITAL LESTE (www.ciespleste.org.br)

O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo é uma sociedade civil de direito privado que visa dar suporte aos empresários paulistas e representá-los junto à sociedade e ao governo brasileiro.

Desde sua fundação, em 1928, tem colaborado para a expansão e modernização da economia nacional, por meio de participação política, representatividade, inserção comunitária e prestação de serviços. Atualmente está distribuído no Estado de São Paulo, em 39 Diretorias Regionais, quatro Diretorias Distritais na Capital (zonas Norte, Sul, Leste e Oeste) e uma Central, totalizando 43 unidades. Congrega 9 mil empresas associadas em todo o Estado.

O empresário associado usufrui de representação garantida junto a todas as esferas do governo brasileiro, e dos serviços que a entidade oferece, como emissão de certificados de origem para exportação, assessoria técnica, jurídica e econômica, linhas de crédito facilitado e participação em cursos e palestras.

O Ciesp Leste é organizado em Grupos de Trabalho que cuidam das áreas de: Cursos e Palestras; Promoção Comercial; Jovens Empreendedores, Assessoria de Recursos e Jurídica; Integração ao Sistema S – Sesi, Senai e Sebrae; Meio Ambiente e Responsabilidade Social.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Programação de saúde, esporte e bem estar invade 1ª Virada da Maturidade



Evento para toda a família será realizado de 1 a 4 de outubro e colocará o idoso como protagonista das atividades

De 1 a 4 de outubro, a cidade de São Paulo será palco da 1ª Virada da Maturidade – um dos maiores eventos já criados para valorização da experiência e sabedoria dos idosos–, que tem como objetivo destacar a qualidade de vida por meio da expressão das pessoas com mais de 60 anos, demonstrando seu talento e produtividade como artistas, pensadores, poetas, atletas e muito mais. O diferencial da iniciativa é justamente a ação do idoso como protagonista no evento, e na sociedade. Para isso, toda a programação terá a participação de pessoas maduras, que demonstrarão seu conhecimento e as alternativas para bem viver esta etapa da vida.

A vitalidade do idoso é algo que está sempre em pauta nas discussões da sociedade, e na programação da Virada da Maturidade, além de palestras e oficinas, muitas atividades serão voltadas à saúde, ao esporte e ao bem estar. Principalmente nos dias 3 e 4, o Parque da Água Branca terá, em diversos pontos, ações voltadas à saúde. Será livre, gratuito e com o intuito de trazer mais qualidade de vida para todos os participantes.

De acordo com Fernanda Gouveia, psicóloga e idealizadora do evento, a programação da Virada da Maturidade quer trazer um novo olhar sobre o processo de envelhecimento, motivar as pessoas para o protagonismo do idoso, engajar os mais jovens e os próprios idosos para o dia a dia de suas tarefas. "Visitantes de qualquer idade terão a oportunidade de se aproximarem da sabedoria que os idosos oferecem e participar das. Além disso, será uma oportunidade para colocar em pauta questões prioritárias do idoso e reflexões sobre o bem envelhecer", enfatiza Fernanda.

Veja a programação de bem estar da Virada da Maturidade abaixo:

Programação:

Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual
(Iamspe) / Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE)
01/10 e 02/10
· 10h às 11h - Aula de Dança Sênior

CRI NORTE

01/10
· 8h - Caminhada e Lian Gong


CASA DE CULTURA CHICO SCIENCE

1/10 – Acontecem simultaneamente (das 14h às 15h)
· Palestra alimentação saudável
· Oficina de automaquiagem
· Oficina de automassagem

Universidade Presbiteriana Mackenzie (Fisioterapia)

02/10
· 13h30 às 17h30 - Ação Casa Segura

Itaú Cultural

02/10
· 8h30 - Aulão de Caminhada e Alongamento Itaú Viver Mais

Shopping Central Plaza

· 02/10 – Baile (16h e 18h)
· 02/10 – Aulão de dança (16h e 19h)
· 03/10 – Aulão de artesanato (13h, 15h, 17h e 19h)

PARQUE DO IBIRAPUERA

2/10
· 7h ás 8h30 - Aulão (caminhada e alongamento) no parque do Ibirapuera,

PARQUE DA ÁGUA BRANCA

2/10
· 8h30 as 10h30 - Aulão (caminhada e alongamento)

AUDITÓRIO FATEC – IPIRANGA

02/10
· 9h - Palestra e Oficina “Qualidade de Vida”, com a psicóloga Simone Vitale
· 11h - Danças ciganas

PARQUE DA ÁGUA BRANCA

3 e 4/10

BAMBUZAL

· Tai-Chi Chuan
· Ginástica feminina, Orientações sobre postura adequada e Dança Sênior (PUC-SP)
· Aula de ginástica pós oficina de equipamentos (Agita SP)
· Alongamento, dança como cultura corporal ritmos
· Hip hop com idosos (Espaço Conviver Itanhaém)
· Dança coreográfica, ginástica anti-stress, aula de dança de salão (Viver Mais)


Pergolado – Oficinas (Das 10h às 11h)
· Ginástica ao Alcance de todos – oficina de construção de equipamentos de ginástica (Agita SP)

TENDA BRANCA (Das 16h às 17h)

· Ginástica anti-stress
· Dança de salão
· Dança coreográfica
· Atividade Vivencial para Netos e avós: aproximando gerações (ABRAz)
· Alongamento
· Aulão de dança
· Aula de ginástica
· Dança terapia
· Aula de ginástica

Praça do Idoso - 03/10 (10h às 15h)

· Orientação de exercícios por educadores físicos

Saúde destina mais de R$ 7 milhões para custeio de hospitais e leitos

Reforço orçamentário permite a ampliação do atendimento prestado à população do Amazonas, Distrito Federal e São Paulo


O Ministério da Saúde destinou mais de R$ 7 milhões por ano para custear as ações de média e alta complexidade do Amazonas, Distrito Federal e São Paulo. O objetivo do reforço orçamentário é ampliar o atendimento prestado à população na rede pública e conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS). Os valores liberados foram publicados no Diário Oficial da União de quarta-feira (23).


Para o Distrito Federal serão destinados R$ 3,7 milhões que irão beneficiar o Hospital de Base do Distrito Federal, o Hospital Regional de Taguatinga, o Hospital Regional de Sobradinho, o Hospital Regional da Asa Norte, o Hospital Regional de Ceilândia, o Hospital Regional do Paranoá e o Hospital Regional do Gama.


No Amazonas, serão R$ 2,7 milhões destinados ao Hospital Geral José Mendes, ao Hospital e Pronto Socorro da Criança Zona Leste, ao Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, ao Hospital e Pronto Socorro da Criança Zona Oeste, ao Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio P. Machado e ao Hospital e Pronto Socorro Dr. Jaristóteles Platão Bezerra de Araújo.


Para o estado de São Paulo, a portaria prevê R$ 580,6 mil, que serão utilizados na aquisição de medicamento para realização da trombólise - processo pelo qual se dissolve um trombo formado na corrente sanguínea -, e o custeio de cinco leitos de Unidade de Cuidado Integral ao Acidente Vascular Cerebral (AVC) na Santa Casa de Limeira (SP).


INVESTIMENTOS – Os R$ 7 milhões liberados nesta quarta-feira (23) soma-se aos R$ 96 milhões anunciados em diversas portarias publicadas nesta segunda-feira (21) no Diário Oficial da União pelo Ministério da Saúde. Os repasses feitos reforçarão o orçamento de estados e municípios para custeio das ações de média e alta complexidade de 20 estados: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pará, Rondônia, São Paulo, Goiás, Acre, Pernambuco, Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Aracajú, Bahia, Goiás, Maranhão, Alagoas, Piauí e Tocantins.


As ações do bloco de financiamento de média e alta complexidade incluem à ampliação e melhoria da Rede Cegonha, Rede de Urgência e Emergência, possibilitando a habilitação de novos serviços como leitos de UTI Adulto, Pediátrico e Neonatal, e Centros de Trauma.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

UFSCar oferece avaliação e tratamento para habilidades motoras manuais de crianças com Síndrome de Down



Pesquisadora do Núcleo de Estudos em Neuropediatria e Motricidade avalia a força e destreza dos participantes com idades entre 5 e 10 anos



O Núcleo de Estudos em Neuropediatria e Motricidade (NENEM) do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da UFSCar oferece avaliação da destreza e controle manual de crianças com Síndrome de Down, com idades entre 5 e 10 anos. A avaliação faz parte da pesquisa realizada pela aluna de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPGFt) da UFSCar Cristina Camargo, sob orientação da professora Eloisa Tudella, do DFisio da Universidade.
A avaliação pode ser realizada no domicilio ou na instituição ou escola onde a criança frequenta, com duração total de 50 minutos. Após o exame, será realizado um programa de intervenção e tratamento, com duração de nove semanas e três sessões semanais. “As intervenções são brincadeiras direcionadas para a prática das habilidades manuais da crianças, envolvendo todos os aspectos avaliados nesta pesquisa”, salienta a pesquisadora.
Cristina explica que a avaliação e a intervenção podem contribuir para a compreensão e aprimoramento do controle de força e destreza dos participantes. “Espera-se que após o tratamento as crianças que participaram de pelo menos 80% das intervenções tenham uma melhora de todas as habilidades avaliadas no estudo, melhorando assim seu desempenho e participação social”, afirma.
Para o desenvolvimento da tese de Cristina serão analisadas a força de preensão, destreza manual e sensibilidade tátil e a estrutura das mãos das crianças. “Espera-se com esse estudo ampliar o conhecimento científico sobre as crianças com Síndrome de Down, fortalecer a inclusão delas na sociedade, e compartilhar o conhecimento com os demais profissionais envolvidos visando uma qualidade no tratamento/intervenção”, destaca a doutoranda.
Interessados em participar da avaliação e tratamento podem entrar em contato com Cristina pelo telefone (16) 98148-3538.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Primeiro medicamento transdérmico para doença de Parkinson chega ao mercado brasileiro

Em formato de adesivo, o primeiro e único tratamento transdérmico para doença de Parkinson ajuda a aumentar a adesão dos pacientes

No Chegou no mercado farmacêutico brasileiro um novo tratamento medicamentoso para a doença de Parkinson – doença que afeta o sistema motor e provoca rigidez e tremores. O medicamento, disponível em mais de 40 países1, chama-se Neupro e é o primeiro e único administrado por via transdérmica para essa indicação. Produzido pelo laboratório UCB, vem em formato de adesivo que é aplicado sobre a pele, liberando a medicação de forma estável e contínua no decorrer de 24 horas. Ao redor do mundo, já são mais de 190 mil pacientes tratados com Neupro.

A alta adesão ao tratamento com Neupro se deve ao fato de, por ser transdérmico, não há passagem pelo trato gastro-intestinal, o que poderia causar náuseas. Em casos mais graves da doença de Parkinson, há pacientes que chegam a ingerir oito comprimidos por dia, o que pode gerar esquecimento de algum deles ou desistência do tratamento.

A dinâmica do tratamento consiste em aplicar o adesivo sobre a pele limpa, seca e saudável dos ombros, braços ou abdômen e deixá-lo por 24 horas no mesmo local. Ao substituir por outro adesivo, deve-se aplicá-lo em um local diferente. O Neupro pode ser utilizado tanto na fase inicial, quanto nas mais avançadas da doença de Parkinson. Quanto antes o paciente for diagnosticado e começar o tratamento, melhores serão os resultados. O medicamento é um agonista dopaminérgico, o que significa que age diretamente nos receptores de dopamina, um neurotransmissor responsável pelos movimentos. De tal forma, é um medicamento eficaz no controle dos distúrbios motores. Além da eficácia, a segurança e tolerabilidade também são bem vistas pela classe médica, principalmente pela baixa interação com outros medicamentos.

Argentina, Alemanha, Austrália, Áustria, Bahrein, Bélgica, Canadá, Chile, Chipre, Colômbia, Coréia do Sul, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Itália, Japão, Kuwait, Líbano, Malásia, México, Noruega, Omã, Polônia, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, Singapura, Suécia, Suíça, Taiwan, Tailândia, Ucrânia, Venezuela.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Índice que mede a intenção de consumo das famílias paulistanas despenca em agosto

Indicador da FecomercioSP registra décima queda mensal consecutiva

São Paulo, 02 de setembro de 2015 - Em agosto, o índice que mede a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) em São Paulo registrou a décima retração mensal consecutiva ao cair 7,4% em relação a julho. Com isso, atingiu o mais novo recorde da zona de pessimismo: 70 pontos. Se comparado ao mesmo período do ano passado, a queda foi ainda maior (-35,1%). Desenvolvido mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o indicador avalia sete itens - relacionados a emprego, renda e consumo - e varia de zero a 200 pontos, sendo que abaixo de 100 pontos é considerado insatisfatório e acima de 100 pontos é apontado como satisfatório.

Pela primeira vez na série histórica todos os itens que compõem o ICF estão no patamar de insatisfação, ou seja, abaixo dos 100 pontos.

Entre os sete componentes de índice, o item Perspectiva de Consumo teve a maior variação entre o mês de julho e agosto (-14,0%), ao passar de 58,1 para 50,0 pontos. Em relação ao ano passado, houve queda de 49,2%. O item Nível de Consumo Atual, por sua vez, voltou a cair tanto na comparação mensal (-10%) quanto na comparação anual (-42,5%), indicando que as famílias paulistanas vêm consumindo cada vez menos em relação ao mesmo período do ano anterior. Desde fevereiro de 2013 o indicador de Nível de Consumo Atual encontra-se abaixo dos 100 pontos.

Segundo os economistas da Entidade, a retração do consumo das famílias paulistanas está diretamente relacionada à pressão inflacionária, aos juros altos, ao crédito escasso e ao aumento do desemprego. O crédito e os juros afetam especialmente o item Momento para Duráveis, que teve a maior queda anual (-51,2%) entre os sete componentes do índice. Em agosto, o item registrou 44,4 pontos, 11% menor do que em julho. Já os itens Renda Atual e Acesso a Crédito retraíram 6,9% e 4,3%, respectivamente, na comparação mensal. O primeiro está no patamar de 84 pontos, enquanto o segundo está com 76,7 pontos.

O item Emprego Atual, por sua vez, recuou 5% em agosto - ao passar de 101,9 em julho para 96,8 pontos - e entrou pela primeira vez na zona do pessimismo. Isso indica que os paulistanos estão se sentindo cada vez menos seguros em relação ao emprego. Ao mesmo tempo, o índice também projeta um cenário sem melhorias no mercado de trabalho nos próximos meses, conforme revelado pelo item Perspectiva Profissional, que recuou 5,7% na comparação mensal e atingiu 90,2 pontos.

Para a Federação, o resultado de agosto mostra que os números negativos do mercado de trabalho, a inflação e os juros em ascensão colaboram para o pessimismo das famílias paulistanas. Ao mesmo tempo, a retirada recorde de dinheiro da poupança, quase 41 bilhões de janeiro a julho, mostra a fragilidade do orçamento das famílias e a busca por um equilíbrio nas contas. Outros sinais de preocupação são o forte aumento da inadimplência da conta de luz e a retração das vendas do setor de Supermercados, que evidenciam a dificuldade das famílias até na manutenção dos gastos básicos.

Renda

Todos os itens que medem o nível de intenção de consumo por renda ficaram abaixo dos 100 pontos. As mais insatisfeitas são as famílias com renda superior a 10 salários mínimos (S.M.), para as quais o ICF atingiu 67,9 pontos em agosto, recuo de 1,9% em relação a julho. Destaque nesta faixa para o item Perspectiva de Consumo, que chegou aos 35 pontos, valor mais baixo entre os sete componentes do índice quando considerada a segmentação por faixa de renda.

A maior variação negativa mensal do ICF, no entanto, foi observada entre as famílias com renda abaixo de 10 S.M. - recuo de 9,1%, ao passar de 77,8 em julho para 70,0 pontos em agosto. Para esse grupo, vale ressaltar a insatisfação apresentada nos itens Emprego Atual, com recuo de 7% (ao passar de 105,3 para 98,0 pontos), e Momento para Duráveis, que registrou retração de 15,4% (ao passar de 48,6 para 41,1 pontos).

A FecomercioSP estima que o ICF continuará no patamar de insatisfação até o final deste ano devido à piora dos indicadores econômicos e à deterioração do mercado de trabalho. Adiciona-se a isso a falta de perspectiva de melhora da economia, resultante do problema político que limita a capacidade de implementação dos ajustes necessários para o País.

Nota metodológica

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) é apurada mensalmente pela FecomercioSP desde agosto de 2009, com dados de 2,2 mil consumidores no município de São Paulo. A ICF é composta por sete itens: Emprego atual; Perspectiva profissional; Renda atual; Acesso ao crédito; Nível de consumo atual; Perspectiva de consumo; e Momento para duráveis. O índice vai de zero a 200 pontos, no qual abaixo de 100 pontos é considerado insatisfatório e acima de 100 pontos é denotado como satisfatório. O objetivo da pesquisa é ser um indicador antecedente de vendas do comércio, tornando possível, com base no ponto de vista dos consumidores e não por uso de modelos econométricos, ser uma ferramenta poderosa para o varejo, para os fabricantes, para as consultorias e para as instituições financeiras.

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 156 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por 11% do PIB paulista - aproximadamente 4% do PIB brasileiro - e gera em torno de cinco milhões de empregos.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

PRAGAS DE MAIOR RISCO NAS LAVOURAS DO BRASIL


Lista elaborada pelo ministério apresenta doenças de maior risco fitossanitário

Brasília (25/8/2015) - As pragas consideradas de maior risco fitossanitário e com potencial de provocar prejuízos econômicos foram definidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Terão prioridade nos registros de produtos para controle a ferrugem da soja, o mofo branco, a helicoverpa armigera; a mosca branca; os nematoides; a broca do café; as ervas daninhas resistentes e o bicudo do algodoeiro.

Segundo o diretor do Departamento de Sanidade Vegetal (DSV) do Mapa, Luís Rangel, a dinâmica da agricultura e a pressão das pragas determina que o governo revise suas prioridades, a fim de disponibilizar produtos mais adequados às reais necessidades do agricultor.

“As pragas listadas incialmente nesta primeira portaria são historicamente demandadas pelas câmaras setoriais e pelos acadêmicos do Brasil. As ações implementadas hoje no Brasil precisam de uma coordenação com prioridades claras para sustentar a fitossanidade”, diz Rangel. “Entretanto, são diversas as ações que estão inseridas nos manejos das diferentes pragas, como o manejo cultural (vazio sanitário), o controle biológico e a resistência genética”.

A relação das pragas de maior risco fitossanitário foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) dessa segunda-feira (24).

O próximo passo, de acordo com Rangel, será a definição pelo Mapa do procedimento de levantamentos fitossanitários integrados com o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa) para identificar as prioridades ano a ano.

Saiba mais

Ferrugem da Soja (Phakopsora pachyrhizie)


É uma doença da soja causada por um fungo que se dissemina pelo ar e que possui grande potencial de dano. Entre as medidas de controle para a praga, estão as aplicações de fungicidas nas lavouras, que têm grande impacto no custo de produção. Além disso, ações de vazio sanitário também vêm sendo implementadas nos estados, a fim de combater a praga. A opção por defensivos sempre precisa ser revista, visando o manejo da resistência do fungo.


Mofo Branco (Sclerotinia sclerotiorum)


O mofo branco é uma doença com poucos produtos fitossanitários disponíveis, o que torna o seu manejo complexo. A principal forma de controle é com a integração de estratégias como a rotação de culturas e variedades tolerantes, além de produtos químicos e biológicos. É uma praga relacionada às condições ambientais.

Helicoverpa armigera e Broca do Café (Hypothenemus hampei)



São pragas para as quais foram declarados estado de emergência fitossanitária nos últimos anos. Por isso, é necessário um processo de prioridade para oferecer alternativas regulares e produtos para dar sustentação ao controle dentro dos princípios do manejo integrado de pragas.

Mosca Branca (Bemisia tabaci)



É uma praga polífaga (que ataca várias culturas) e de difícil controle. Os produtos registrados disponíveis precisam da alternância de mecanismos de ação para evitar a resistência genética.

Nematoides (Meloidogyne javanica, Meloidogyne incognita, Heterodera glycines e Pratylenchus brachyurus) e Ervas daninhas resistentes (Conyza bonariensis e Digitaria insularis)

São pragas consideradas pelas principais sociedades cientificas nacionais como de importância econômica para a agricultura. Para um controle eficiente, é necessária uma busca por alternativas mais modernas e menos tóxicas. Além disso, é fundamental a adoção de medidas que visem a reduzir a resistência genética causada pelo uso repetido dos mesmos mecanismos de ação.

Bicudo do algodoeiro (Antonomus grandis)


É a praga mais importante e limitante para a cultura do algodoeiro no Brasil. O governo conta com políticas específicas e programas de controle da praga. Esta política carece, no entanto, de mais alternativas de produtos fitossanitários para assegurar competitividade com viabilidade de custo no controle da praga.

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

ENDOTHIN: Novo composto funcional 3 em 1 auxiliar para dietas de redução de peso


ENDOTHIN é um composto de 3 ativos altamente funcionais no auxilio nas dietas de emagrecimento. Age em todas as fases do processo de perda de peso. Compostos: Vitis vinífera, Tamarindus indica L, Lepidium meyenii.

‘Highly functional mix’ – composição altamente funcional

Ação de ENDOTHIN no organismo

· Reduz o apetite
· Bloqueia a absorção de gordura
· Elimina os radicais livres
· Protege as células do estresse oxidativo
· Regula o trânsito intestinal
· Prolonga a sensação de saciedade
· Reduz o apetite
· Aumenta o HDL (bom colesterol)
· Diminui o LDL (colesterol ruim)

Todas estas ações citadas de ENDOTHIN resultam em uma perda de peso com preservação do organismo, ou seja, promove um ‘Emagrecimento com Juventude’, já que o composto atua na redução da fome, na redução da gordura corporal e elimina os radicais livres (grande responsável pelo envelhecimento celular).

ENDOTHIN não possui contra indicação. Pode ser tomando por homens e mulheres que tenham objetivo de perda de peso.
Disponível em todas as farmácias de manipulação, mediante dosagem médica.

A Naturell oferece uma ampla linha de matérias primas e produtos para as farmácias magistrais, indústrias farmacêuticas, veterinárias, cosméticas e de alimentos.
www.naturell.com.br

SAC: 0800- 761-4949

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Turismo fortalece ação contra trabalho infantil no Peru

Assinatura de acordo binacional reforça o compromisso de ações conjuntas contra o trabalho infantil nos dois países

Deborah de Salles

O coordenador-geral de Proteção à Infância do Ministério do Turismo, Adelino Neto, participou neste sábado (8) do “Festival Binacional Peru-Brasil Peru unidos por uma infância livre do trabalho infantil” que culminou com a assinatura de um acordo binacional que reforça o compromisso de ações conjuntas contra o trabalho infantil Peru-Brasil. O encontro ocorreu na cidade peruana de Iquitos, capital do departamento Loreto e da província de Maynas.

O acordo prevê a implementação de um sistema de informação que uniformize as variáveis do trabalho infantil em ambos os países; a inspeção do trabalho infantil com equipes multidisciplinares binacionais na região de fronteira; a realização de atividades de sensibilização para a população em geral que permitam erradicar padrões culturais que legitimam o trabalho infantil; a transformação de padrões culturais; a aplicação de legislações comuns ao trabalho infantil em âmbito nacional e internacional; além do estabelecimento uma rede de proteção binacional para erradicação do trabalho infantil assim como comprometer empresas privadas, a sociedade civil, a associação de pais e mães para promover a erradicação do trabalho infantil.

Adelino Neto destacou iniciativas importantes de prevenção e de combate ao trabalho infantil no setor. Também apresentou as ações da pasta voltadas à erradicação da exploração sexual e tráfico infantil no setor. “Nesse sentido, o Ministério pode contribuir com medidas de prevenção à exploração econômica de crianças e adolescentes dentro das atividades turísticas. O setor, como uma atividade econômica crescente no Brasil, vem ganhando destaque e pode servir de exemplo na proteção à infância com essas boas práticas - a exemplo do que já vem sido desenvolvido no Programa Turismo Sustentável e Infância”, lembrou.

Estiveram presentes o ministro do Trabalho e Promoção do Emprego, Daniel Maurate; a ministra da Mulher e Populações Vulneráveis, Marcela Huaita; e o ministro da Justiça, Gustavo Adrianzén; além de representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Turismo Sustentável e Infância - O Ministério do Turismo desenvolve, há 11 anos, o programa Turismo Sustentável e Infância. São quatro eixos de atuação: as palestras de sensibilização nos principais destinos turísticos; a divulgação do Manual do multiplicador, que permite a capacitação e orientação sobre como abordar e saber defender os direitos das crianças e adolescentes; a divulgação da Campanha Proteja, Não Desvie o Olhar e o incentivo ao trabalho de inclusão produtiva das vítimas, por meio do Pronatec Turismo. Para este ano, estão previstas palestras de sensibilização em sete novos destinos turísticos do País. Entre eles Macapá, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Rio Branco, Belo Horizonte e Manaus.



*Com informações do Ministério do Trabalho

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Bancos de leite de SP estão operando com estoques abaixo do ideal


Secretaria convoca mães em fase de amamentação para doar leite excedente; em hospital estadual referência na zona sul de SP, doações despencaram à metade neste ano

Os bancos de leite da rede pública de saúde do Estado de São Paulo estão operando com capacidade abaixo do ideal, conseguindo suprir a demanda das unidades neonatais entre 60% e 80% da necessidade.

Por isso, na Semana Mundial de Aleitamento Materno desse ano, a Secretaria convoca todas as mães em fase de amamentação para doarem o leite excedente, com o intuito de aumentar o estoque paulista dos Bancos de Leite Humano (BLH) e contribuir no desenvolvimento das crianças recém-nascidas.

O Hospital Geral de Pedreira, unidade da Secretaria gerenciada em parceria com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), é uma das unidades que necessita de doações para atender mães e recém-nascidos. A maternidade do hospital é referência para atendimento na zona sul de São Paulo.

“Em 2015, registramos uma queda acentuada no número de doações. No primeiro semestre de 2014, tivemos uma média mensal de 237 doadoras e 27 litros de leite coletados. Neste ano, mensalmente estamos recebendo 164 doadoras e coletando 13 litros de leite”, alerta a nutricionista clínica Bruna Peiker de Oliveira, responsável pelo Banco de Leite da unidade.

O volume ideal de leite coletado varia de acordo com a demanda, que hoje seria de 30 litros ao mês no hospital, mais que o dobro da média atual. A queda nas doações ocorre principalmente durante o período de férias e inverno. Assim, a convocação da unidade é uma forma de conscientizar as mães da necessidade de doarem o excedente de leite e não jogá-lo fora.

No Banco de Leite, além da captação, tratamento e doação de leite materno, é oferecido também suporte multiprofissional para mães, bebês e orientações às doadoras sobre diversos temas, como coletar o leite em sua residência, por exemplo.

“Dependendo da disponibilidade, retiramos o leite coletado em domicílio, caso elas não possam se dirigir ao banco. A sobrevivência de várias crianças depende das doações, seja por estarem abaixo do peso, ou porque suas mães não produzem leite para amamentá-las. O leite materno é imprescindível para a saúde do recém-nascido, com nutrientes e anticorpos que o protegem de doenças, por exemplo”, explica a nutricionista.

As interessadas em doar leite podem entrar em contato com o Banco de Leite do Hospital Geral de Pedreira, pelo telefone (11) 5613-5900, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h . O endereço é Rua João Francisco de Moura, 251 - Vila Campo Grande, São Paulo.

Existem mais de 50 bancos de leite em todo o Estado de São Paulo. A lista completa pode ser consultada no site http://www.redeblh.fiocruz.br, por meio do link “Encontre o BLH mais próximo de você”.

domingo, 2 de agosto de 2015

Unidades Móveis do CATe e MEI iniciam nova programação para a primeira semana de agosto

Em diversas regiões de São Paulo sete unidades móveis do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe) transitam prestando serviços aos munícipes. Durante a primeira semana de agosto, a programação elaborada pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE) abrange todas as regiões da cidade, entre os dias 3 e 7, das 8h às 17h.

O objetivo é fazer com que a população mais afastada tenha à disposição serviços como a busca por vagas de emprego, emissão de carteira de trabalho, habilitação do seguro-desemprego. O munícipe que deseja abrir ou aprimorar o seu próprio negócio, poderá ser orientado por uma unidade do Microempreendedor Individual (MEI)

Para dar o pontapé inicial nesta programação, o CATe Móvel marca presença no evento Projeto Hora de Viver, no próximo domingo, 2. O fechamento da programação será no sábado, 8, atendendo a população na “Ação Social Dia do Bem”, “Brasilândia para Cristo” e Ação Integrada Prefeitura no Bairro – Jaguaré.

Para utilizar os serviços do CATe é preciso apresentar RG, CPF, número do PIS e carteira de trabalho. Caso ainda não possua o último documento citado, é só levar uma foto 3X4 e comprovante de residência, que será emitido na hora. Para consultar o banco de vagas, sem precisar sair de casa, basta fazer o download do aplicativo CATe eletrônico na Play Store, disponível para aparelhos Android. Para mais informações acesse www.prefeitura.sp.gov.br/trabalho ou ligue na Central de Atendimento ao Munícipe pelo telefone 156.

Programação completa:

Zona Oeste
Ação Integrada Prefeitura no Bairro – Jaguaré (com MEI Móvel)
Data: 3 a 8 de agosto
Horário: 8h às 17h
Av. Kenkiti Simomoto, 80

Zona Sul
Base Comunitária da Policia Militar - Jardim São Luiz
Data: 3 a 7 de agosto
Horário: 8h às 17h
Rua Emerico Lobo de Mesquita, 161

Zona Central
Praça da República, s/nº
Data: 3 a 7 de agosto
Horário: 8h às 17

Zona Leste
10ª Ação Integrada - Subprefeitura Itaim Paulista
Data: 3 a 7 de agosto
Horário: 8h às 17h
Avenida Marechal Tito, 6.577

Zona Norte
Ação Integrada Prefeitura no Bairro – Casa Verde (com MEI Móvel)
Rua Padre Moura, 200 - Vila Prado
Data: 3 a 7 de agosto
Horário: 8h às 17h

Eventos com o CATe Móvel

Projeto Hora de Viver
Dia: 2 de agosto
Horário: 9h às 16h
Endereço: Rua Estrela Altair, 189 – Lauzane Paulista

Ação Social do "Dia Do Bem"
Dia: 8 de agosto
Horário: 9h às 15h
Endereço: Avenida Condessa Elizabeth Robiano, s/nº - Penha
Contato: 2075-7452 (Daniela)

Brasilândia Para Cristo
Dia: 8 de agosto
Horário: 9h às 16h
Endereço: Praça 7 Jovens (entre as ruas Carlos Lamarca e Rua Pedro Pomar)
Contato: 97276-1018 (Paulo)

*Eventos não realizados pela SDTE

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Inverno: Como manter a forma e se alimentar da maneira correta

Especialista revela o que acontece com o corpo, na época mais fria do ano, e dá dicas para evitar os indesejados quilos a mais na balança


Muitas pessoas já devem ter notado que, durante o inverno, é comum ter uma sensação de fome maior do que em outras estações do ano. Há uma explicação real para esse comportamento, de acordo com a nutricionista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (SP), Kátia Ushiama. A especialista ainda orienta ter cuidado com a alimentação para evitar surpresas desagradáveis na balança.


Segundo a especialista, a necessidade de um consumo maior de alimentos está relacionada a uma exigência do corpo. “O que ocorre, durante esse período, é que o organismo tem seu gasto calórico/energético aumentado para manter a temperatura corporal. Esse aumento consiste em aproximadamente 300 calorias por dia”, revela. Em razão disso, é preciso tomar alguns cuidados para que a alimentação mal planejada não se torne um problema no futuro.


Quem quiser opções de bebidas que confiram as sensações de aquecimento e saciedade pode optar pelas mais “quentes” como chás e leite desnatado (desde que consumidas sem adoçar ou com adoçante artificial). “Além disso, chamo atenção para hidratação. No inverno, geralmente, as pessoas ingerem menor volume de água. Isso pode comprometer a eliminação urinária e fecal. Sendo assim, devemos manter nossa ingestão de água aumentada, mesmo no inverno”, alerta Kátia.


No caso de comidas, uma dica da nutricionista são as sopas. “As que possuem legumes como a minestrone, são menos calóricas, pois o teor de gordura é baixo. Mas é preciso prestar atenção na variedade dos mesmos. Alguns legumes apresentam maior teor de carboidratos (ex: batata, mandioquinha e inhame). Sendo assim, não devemos colocá-los juntos nas sopas, especialmente, nas receitas que já contenham arroz ou macarrão.”


Outra orientação é evitar alimentos com elevado teor calórico que, muitas vezes, fazem parte dos "cardápios" de inverno. Entre eles estão: as sopas creme (que contêm queijos e creme de leite), chocolate quente (com açúcar, leite integral e chocolate ao leite) e fondues.


COMPLEXO HOSPITALAR EDMUNDO VASCONCELOS
Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.400 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 - Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, conquistado pelo quarto ano consecutivo em 2014.


Rua Borges Lagoa, 1.450 - Vila Clementino, zona sul de São Paulo.
Tel. (11) 5080-4000
Site: www.hpev.com.br
Facebook: www.facebook.com/ComplexoHospitalarEV
Twitter: www.twitter.com/Hospital_EV
YouTube: www.youtube.com/user/HospitalEV

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Aumento da tarifa de luz: ilegalidade


Recentemente o Governo Federal, através de ato do Poder Executivo produzido pela agência Reguladora competente, tem autorizado substanciais aumentos na tarifa a ser paga pelos usuários do serviço de energia elétrica, alcançando, em média, quase 50%. Trata-se de aumento ilegal.

Primeiramente porque viola o princípio constitucional da eficiência, previsto no art. 37. Isto porque, é dever da administração pública planejar as políticas públicas. Porém no caso, é notório que não ocorreu, pois em 2013 houve redução tarifária, estímulo ao consumo e má gestão da política de geração de energia, derivando para o uso de matrizes de produção mais onerosas, por culpa exclusiva do próprio poder público e seus agentes.

Em segundo lugar, viola o subprincípio da modicidade das tarifas, explicitado pelo artigo da Lei 8.987 /95. Por este, a administração pública tem que aplicar a menor cobrança tarifária possível, como obrigação de garantir acesso ao serviço, de forma igualitária, contínua, com continuidade e qualidade. E, à toda evidência, em período de crise econômica, perda de direitos sociais e queda do número de empregos, um aumento repentino e elevado viola esta norma.

Em terceiro plano, verifica-se como um ato unilateral dos hipersuficientes Poder Público e do concessionário do serviço, em detrimento dos consumidores hipossuficientes. Daí porque também viola os artigos 29 e 39 do Código de Defesa do Consumidor, Lei 8.078/90.

Portanto, o aumento da tarifa de luz se constitui em ato ilegal, contrário ao sistema jurídico brasileiro, cabendo ao usuário e às instituições legitimadas pleitear o seu desfazimento, administrativamente ou perante o Poder Judiciário, sem prejuízo da verificação de responsabilidades do Poder Público e das autoridades que lhe deram causa.

www.humbert.com.br - www.brasiljuridico.com.br

Mesmo com economia em recessão, mercado de próteses de silicone se mantém aquecido

Mercado internacional de próteses de silicone cresce. Estados Unidos e México são os principais consumidores da Silimed Brasil

Em 2014, o Brasil tornou-se campeão mundial de cirurgias plásticas. Em todo o país, foram realizados 1,49 milhão de procedimentos, correspondendo a 13% do volume mundial, deixando para trás o então campeão Estados Unidos, que acabou realizando 1,45 milhão de procedimentos estéticos.

Apesar da turbulência enfrentada pela economia global nos últimos anos, o segmento de cirurgia plástica permanece sólido e a demanda global dessa indústria não para de crescer.

Segundo a maior fabricante de implantes de silicone da América Latina e a terceira maior do mundo, a brasileira Silimed, o país que mais comprou mamas foi os Estados Unidos com aumento de 34% com relação a 2013, seguido por Coreia do Sul, que cresceu 8%, e Portugal com 6%.

Para o mercado norte-americano, os volumes mais solicitados são: 440 ml, 415 ml e 385 ml, enquanto para Portugal, Itália e Reino Unido, o volume mais utilizado é o de 360 ml,contra os 305 ml das sulamericanas.

E não foram somente implantes mamários brasileiros que conquistaram territórios estrangeiros. As próteses de glúteo também registraram aumento. Os países que mais compraram em 2014 foram México, com crescimento de 30%, Colômbia, com aumento de 19%, e Argentina, com 8%.

O crescimento da demanda internacional gera otimismo na organização que, em 2014 apresentou um crescimento de 31%. "Esperamos para 2015, um crescimento de 40%. Continuaremos a oferecer os melhores produtos aos nossos clientes e tendo como diferencial a qualidade e a tecnologia empregada em nossos produtos", afirma Gabriel Robert, CEO da Silimed.

Mercado nacional
Aumentos consideráveis de venda no mercado interno também foram registrados pela Silimed em 2014. Falando em mama, o pico foi em setembro com registro de 37% de aumento em relação a 2013.

Já o pico de vendas de implantes de glúteo aconteceu em julho, quando a venda quase dobrou comparada ao mês anterior.

Liderando o ranking dos estados que mais compraram implantes de mama e glúteo no país está São Paulo, que corresponde por 25% do mercado interno, seguido de Rio de Janeiro, que representa 20%. A terceira posição é ocupada pelo Distrito Federal, com 11%.

Silimed investe em modelo inovador de gestão

Terceira maior fabricante de próteses de silicone do mundo foca na expansão de negócios. Mudanças fazem parte da gestão do jovem CEO da empresa, Gabriel Robert

Os números da cirurgia plástica no Brasil são cada vez melhores. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps), em 2011, foram realizadas mais de 905 mil cirurgias plásticas no país e mais de 6 milhões em todo o mundo. Acompanhando esse crescimento, a Silimed, terceira maior fabricante de próteses de silicone do mundo, também apresenta números bastante positivos: nos últimos três anos cresceu 60% em locais estratégicos como Estados Unidos, Coreia, Rússia, entre outros, e ampliou sua atuação em mais de 70 países.

Esse crescimento foi reflexo de uma importante transformação pela qual a empresa passou em 2011 quando o administrador de empresas Gabriel Robert, 27 anos, assumiu os negócios da família e tornou-se CEO da Silimed Indústria de Implantes, localizada em Vigário Geral, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Formado em Administração e com MBA em Gestão de Negócios pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), o jovem empresário iniciou um processo de governança que tem colocado a empresa entre os destaques de gestão no mercado financeiro.

Para Gabriel Robert, uma das principais mudanças foi o investimento na capacitação de lideranças. "Desde que assumi, percebi que a Silimed precisava de um processo de reestruturação para os novos desafios que tinha pela frente. Trouxe para a nossa equipe profissionais altamente qualificados do mercado. Nos primeiros dois anos, 90% da alta gerência e alta diretoria foram alternadas e o foco passou a ser maior na habilidade e preparo para o cargo. Isso vem trazendo melhorias significativas para a companhia", avalia. Mesmo com as alterações na diretoria, a primeira geração da empresa, que existe há 35 anos, continua como conselheira da administração dando o suporte necessário. "A experiência nunca deve ser descartada", acredita o empresário.

União
Com o novo modelo de gestão, veio a ideia e oportunidade de juntar as áreas da indústria e do comércio da Silimed num mesmo local, o que impactou positivamente nos negócios da empresa: houve uma redução de custos e uma melhoria de processos e de comunicação. "A companhia passou a ter um único direcionamento, o que traz maiores resultados tributários e financeiros", explica Robert, que ainda investiu maciçamente no mercado norte-americano. "Já tínhamos um plano de expansão e que foi consolidado em 2012. Um dos impactos foi a contratação de funcionários: antes eram 350 e hoje são mais de 700. Nossa atuação comercial está mais ativa nos mercados onde estamos presentes", complementa.

Para continuar crescendo, a empresa aposta nas suas linhas de produtos de qualidade e mais completas do mercado, como os implantes mamários e faciais, contorno corporal (glúteo, peitoral e panturrilha), balões gástricos, entre outros, e também investe na confiança dos profissionais que utilizam as próteses de silicone fabricadas pela Silimed. "Nós temos o produto certo para a pessoa certa, mas, acima de tudo, possuímos algo que é fundamental: a confiança dos médicos na marca. Com o mercado cada vez mais competitivo, os profissionais de saúde são formadores de opinião e possuem total credibilidade na empresa. Eles nos escolhem pela qualidade e tecnologia, e não pelo preço", atesta o CEO.

Responsabilidade social
Consciente de seu papel na geração de emprego e na colaboração para o desenvolvimento da sociedade, a Silimed tem um histórico com responsabilidade social. Na gestão de Gabriel Robert não tem sido diferente. "Costumamos empregar funcionários da região ou bairros adjacentes - esse número hoje chega a 30% - e temos cargos destinados à pessoas portadoras de necessidades especiais. Também procuramos envolver os colaboradores em ações internas, como as campanhas Agasalho Amigo, Visita Criança, Semana da Saúde, Aprendiz Legal, entre outras. Temos uma política de inclusão para mulheres e hoje elas já são 52% do quadro de funcionários", exemplifica.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Turismo quer ampliar ganhos com Olimpíada

Em visita técnica às obras do parque olímpico, no Rio, ministro do Turismo defende mobilização de estados e municípios em torno dos jogos

Darse Júnior

O Ministério do Turismo vai promover, em agosto, um encontro com gestores municipais de todas as cidades que estão na rota da tocha olímpica. Na pauta da reunião, a estratégia de nacionalização da Olimpíada e medidas para ampliar os ganhos do evento para o maior número possível de cidades brasileiras. O anúncio foi feito em agenda do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, nesta sexta-feira (10), no Rio.

Durante o evento, em agosto, Paes apresentará o modelo de organização dos jogos na capital carioca. Mais da metade dos investimentos na construção do parque olímpico vem da iniciativa privada. “Ganha o país como um todo, com a economia de recursos públicos e a realização de uma olimpíada memorável. A iniciativa privada, por sua vez, terá a possibilidade de recuperar o investimento no pós-evento. Tudo num processo claro e transparente”, afirmou Henrique Alves.

Em agosto, os prefeitos das cidades por onde vai passar a tocha olímpica serão estimulados a promoverem os seus respectivos destinos por meio de ações promocionais. O Ministério do Turismo vai apoiar a divulgação do roteiro e das informações turísticas das cidades, por meio de campanhas nas redes sociais e portal institucional da pasta.

sábado, 4 de julho de 2015

SESI A.E. CARVALHO ABRE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS GRATUITOS


SESI A.E. CARVALHO ABRE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS GRATUITOS DE INICIAÇÃO EM ARTES CÊNICAS




O SESI A.E. Carvalho abre as inscrições para os cursos gratuitos de iniciação teatral no dia 01 de julho. Até o dia 18 de julho, as inscrições são exclusivas para os beneficiários da indústria e alunos do SESI-SP. A partir do dia 19 de julho as vagas remanescentes estarão disponíveis a todos interessados.

Os cursos livres, oferecidos em dois diferentes módulos, Jogos Teatrais e Ler a Cena, têm o objetivo de promover a experimentação da linguagem teatral, para alunos a partir de 8 anos de idade. São cerca de 120 vagas distribuídas entre os módulos, no total de quatro turmas por unidade.

Os interessados devem apresentar CPF, RG ou certidão de nascimento (no caso de menores, sempre em companhia dos pais ou responsáveis) para efetuarem a matrícula na Secretaria Única.

Jogos Teatrais

O jogo teatral consiste na resolução de desafios lúdicos que colaboram para que o aluno desenvolva a percepção, a sensibilização, a sociabilidade e a criatividade para a improvisação e a direção de cenas.

Ler a Cena

Além dos jogos teatrais, são apresentados elementos como dramaturgia, contos, quadros e figuras. O objetivo é estimular reflexões para a criação da cena.

Sobre os Núcleos de Artes Cênicas do Sesi-SP

Os Núcleos de Artes Cênicas (NACs) do SESI-SP realizam atividades gratuitas de difusão cultural e ações pedagógicas de iniciação teatral por meio dos cursos livres promovidos anualmente. Os NACs estão localizados em 22 unidades do SESI-SP na capital e interior do Estado. O programa, criado em 1987, tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos participantes e colaborar com o exercício da cidadania – especialmente pela expansão de ideias que a produção artística proporciona.


SERVIÇO

Curso Livre de Iniciação Teatral
Local: SESI A.E. Carvalho.
Rua Deodato Saraiva da Silva, 110 - Pq das Paineiras. São Paulo/SP.
Período de realização dos cursos: de agosto a dezembro (módulos semestrais)
Informações:
Interior do Estado (11) 2026-6003 / 2026-6004
Para mais informações acesse www.facebook.com.br/culturasesiae.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Turismo de observação de aves ganha adeptos no Brasil


Reservas biológicas como a de Sooretama, no Espírito Santo, e parques nacionais como o de Ubajara (CE) estão entre os destinos de birdwatch

Carolina Valadares

Viajar para observar aves é uma prática que vem ganhando os roteiros de viagem. O birdwatch, como é conhecido, já atrai brasileiros e estrangeiros para mais de 50 destinos de ecoturismo no país. Nesses locais, de norte a sul, a grande atração é observar espécies raras com binóculo, como o pica pau bufador ou o beija-flor-de-gravata-vermelha e, quando possível, fotografá-los. São cerca de 1.900 espécies de aves no Brasil, sendo que parte delas só podem ser encontradas por aqui.

O birdwatch começou como uma atividade a mais na viagem de férias, dividindo espaço com o passeio à praia, o parque temático e os atrativos do local visitado. Hoje, no entanto, há grupos que viajam exclusivamente para este fim, assim como roteiros intimamente ligados à observação de aves. Não há números oficiais sobre os guias de turismo especializados nessa modalidade, mas reservas biológicas como a de Sooretama, no Espírito Santo, e parques nacionais como o de Ubajara (CE), contam com profissionais habilitados a orientar o viajante.

Com especialidade em observação de aves, o guia de turismo Giuliano Bernardon começou guiando estrangeiros. Ele afirma que destinos do Pantanal, da Amazônia (Manaus e Alta Floresta) e da Mata Atlântica estão entre os mais visitados. Segundo ele, a prática é uma atividade relaxante e ao mesmo tempo estimulante, de modo que, seus adeptos sentem-se como se tivessem com “um álbum de figurinhas que precisasse ser completado com novas espécies”. Esta é também a opinião da empresária Natália Ramos, de Curitiba, que, como turista, já coleciona fotos de mais de 300 espécies de aves de destinos do Brasil e do exterior. “As imagens são apenas o resultado de uma atividade prazerosa, que me coloca em contato com a natureza”, afirmou. Além disso, segundo, ela, a modalidade desperta uma consciência ecológica nos viajantes – e o respeito não só pelo meio ambiente, como também pela cultura local.

A Chapada Diamantina, na Bahia, apresenta mais de 400 espécies de ave da Caatinga, da Mata atlântica e do Cerrado. Ponto estratégico para observação de aves há 20 anos, a Casa da Geleia, na cidade de Lençóis, permite ver espécies como marias-pretas, sabiás, tibirros rupestres e cardeais. Ornitólogos, fotógrafos e observadores podem agendar uma visita e se hospedar por ali mesmo. Os roteiros de aves na Chapada Diamantina incluem, ainda, o Morro do Pai Inácio, em Palmeiras, a Mata do Remanso, o minipantanal Marimbus e a comunidade Barro Branco, em Lençóis, além da estrada da vila do Guiné, em Mucugê.

Dicas

Para observar aves é necessário caminhar lentamente e e em silêncio, usar trajes com cores discretas, evitar movimentos bruscos, respeitar uma distância mínima para que o animal não se sinta ameaçado, usar binóculo, estar acompanhado, de preferência, de um guia de aves e começar pelas aves a sua volta. Uma boa opção para quem deseja se iniciar no birdwatch pode ser associar-se a clubes de observadores de aves. O primeiro deles surgiu em São Leopoldo (RS) e acabou disseminando a prática pelo país.

Quando o destino é a própria estrada


Às vezes, basta olhar pela janela do carro para contemplar paisagens incríveis e construções históricas valiosas. Conheça as principais rotas rodoviárias do país

Carolina Valadares

Haja disposição para encarar uma estrada por longas horas a bordo de um veículo utilitário, muitas vezes com crianças no carro e excesso de bagagem. Hoje o carro corresponde a apenas 22,2% dos deslocamentos de turistas pelo país, de acordo com boletim divulgado em maio pelo Ministério do Turismo. A maioria dos turistas brasileiros (64,4%) prefere reduzir o tempo de deslocamento e chegar mais rápido ao seu destino de avião. O que poucos sabem é que colocar o “pé” na estrada nem sempre é sinônimo de monotonia e estresse. Especialmente quando a paisagem, do lado de fora, é o grande apelo da viagem.

Imagine fazer um safári de carro pelo Pantanal. É mais ou menos o que ocorre quando se trafega pela Transpantaneira (MT-060), uma rodovia com 145 km de extensão que liga a cidade de Poconé a Porto Jofre. A via tem o maior número de pontes do mundo: são 125 no total, todas de madeira. A maior atração, porém, são os jacarés, as capivaras, os tuiuiús e as sucuris à beira da estrada. Dados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes informam que o país tem mais de 1,7 milhão de quilômetros de estradas.

Se a ideia é voltar no tempo e reviver o período de colonização italiana, um pequeno trecho de 12 km próximo a Bento Gonçalves (RS) forma o Caminho das Pedras, que pode ser percorrido em um único dia. O belo paisagismo das estradas turísticas de Bento Gonçalves, com investimentos de R$ 184 mil do Ministério do Turismo, as casas centenárias de pedra, os moinhos, as cantinas coloniais, os rebanhos de ovelhas e os teares são os grandes atrativos do trecho histórico.

As quatro rotas da Estrada Real, que percorre 87 cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, muitas delas históricas, são indicadas para quem gosta de cultura. Em um trajeto de 1,6 mil km o turista pode experimentar a rota dos Diamantes (de Ouro Preto a Diamantina), do Caminho Velho (De Ouro Preto a Paraty), do Caminho Novo (Ouro Preto a Porto Estrela) e do Sabarabuçu (Cocais-Glaura).

A paisagem litorânea é o cartão de visita dos 556 Km de Rio-Santos. O trajeto à beira mar dá vista para a Serra do Mar e a Mata Atlântica. Praias como Baleia, Barra do Sahy, Maresias, Ubatuba, Camburi, Mangaratiba, Angra dos Reis e a histórica Paraty fazem parte do trajeto. É possível estender o passeio pernoitando por vários municípios.

De Ilhéus a Itacaré, no sul da Bahia, pela BA-001, percorre-se a Costa do Cacau até Barra Grande e Maraú, já na BR 030, na Costa do Dendê. As paisagens são repletas de coqueirais e fazendas de cacau. Em direção à Barra Grande há um trecho de 40 km em estrada de terra de onde é possível contemplar lagoas e dendezeiros a partir da via principal.

No Paraná, a Estrada da Graciosa, de paralelepípedo, usada por tropeiros em meados de 1.900, oferece um percurso de 33 km de curvas sinuosas e liga Curitiba a Morretes (PR 410). O trajeto possui um portal de entrada e passa por montanhas, cachoeiras, casebres coloridos e sete mirantes para apreciar a paisagem de Mata Atlântica, bastante preservada. Em 1993, parte do trecho da Serra foi declarada pela Unesco como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Recomenda-se pegar a estrada em dias de sol, pois no frio pode haver neblina o que prejudica a visibilidade.


SOS para o turista de carro
Para comunicar ocorrências nas estradas e garantir a segurança, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes oferece um aplicativo para celulares que operam no sistema IOS e Android. Ele permite a comunicação direta, em tempo real, de ocorrências como queda de barreiras, buracos e presença de animais na pista. Já são seis mil ocorrências e 1.200 usuários cadastrados. O aplicativo, com geolocalizador, tem ajudado a reduzir os acidentes nas estradas.



Casais apaixonados acompanhados de vinhos franceses no Dia dos Namorados


Go Wine!, rede social que tem os vinhos como tema, e a importadora Chez France, sugerem rótulos de vinhos que vão de tintos a champagnes para tornar a data mais romântica do ano em um dia inesquecível. Promoções com 2 rótulos trazem a medida certa de vinhos para uma noite completa a dois.

O Dia dos Namorados se aproxima e os casais apaixonados vão celebrar a data em um encontro romântico, e nada melhor do que bons vinhos para encantar a alma gêmea. Por isso, a Chez France, importadora de vinhos franceses no Brasil, sugere promoções incríveis para curtir ótimos momentos a dois. E através do aplicativo Go Wine!, a primeira rede social de vinhos do Brasil que chegou ao País através da Chez France, os amantes de vinhos podem descobrir rótulos de seu gosto, trocar informações e também dar dicas aos demais usuários.

A Chez France idealizou três caixas especiais para o Dia dos Namorados que trazem combinações com a melhor relação custo/benefício do mercado e rótulos que vão agradar aos casais.


A Caixa dos Namorados 1 é composta pelo vinho tinto Clos de La Brosse 2011 AOC Saint Amour e pelo rosé Eternelle Favorite 2013 AOC Côtes de Provence. O primeiro é o vinho dos apaixonados, que exalta o amor até em seu nome. Tem cor púrpura acentuada e aroma de frutas vermelhas, amoras e especiarias para uma harmonização ideal com carne vermelha, carnes de caça e até mesmo pratos agridoces para os casais esquentarem a relação. Já o Eternelle Favorite 2013 é delicado, sensual e refrescante, combinando perfeitamente com o Dia dos Namorados. Possui um perfume suave que mistura rosa antiga, peônia, lilás com notas de morangos silvestres, mandarina, toranja rosa e mel, tornando-o ideal para ser apreciado em momentos de felicidade e fartura. Preço sugerido Caixa Namorados 1 - R$ 164,00.

A Caixa dos Namorados 2 traz o vinho tinto Domaine Fayolle AOC Crozes-Hernitage Sens 2011 e o champagne Vollereaux Brut Edição Limitada, este com um preço imbatível no mercado brasileiro. O tinto tem cor cereja preta, um nariz com aromas intensos de frutas vermelhas maduras e boca ampla e sedosa, com notas também de frutas vermelhas associadas a taninos finos e elegantes. Harmoniza com carnes ao molho ou carnes de caça. Já o clássico Champagne da Maison Vollereaux é uma bebida refinada e elegante resultado da mescla das três variedades de castas da região. Uma bebida delicada e frutada, envelhecida por 3 anos, que pode ser degustado como um aperitivo ou ao longo de uma farta refeição. Preço sugerido Caixa dos Namorados 2 – R$ 217,00

Já a Caixa dos Namorados 3 vem com o Château Pontet Barrail 2011 AOC Medoc, um tinto com notas de frutas vermelhas e pretas, e toque de cassis, para carnes vermelhas, e o branco Domaine de La Solitude 2009 AOC Pessac Leognan, um vinho cítrico com notas amadeiradas que vai bem com peixes grelhados, lagosta e crustáceos. Por ser um rótulo marcante e robusto, vai agradar os casais apaixonados. Preço sugerido Caixa dos Namorados 3 – R$ 163,00.

E para quem quer ainda mais vantagem, a Chez France tem todo o mês a promoção do “Vinho do Mês”. Até o dia 31 de maio, o vinho tinto Domaine Rouvre Saint Leger CDR 2009 sai por R$ 29,00 a garrafa (caixa com 6 garrafas) e a partir de junho o rótulo eleito para a promoção do mês será o tinto Domaine Les 3 Puechs IGP Languedoc 2012, que chegará ao site da Chez France sob as mesmas condições.

Mais opções em www.chezfrance.com.br ou no App Go Wine! disponível nos sistemas Android e iOS.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Sobre a Chez France


Empresa franco-brasileira cuja estratégia baseia-se na divulgação e comercialização de vinhos e serviços franceses no Brasil que estejam associados ao estilo de vida do brasileiro. A Chez France é uma empresa web baseada no comércio eletrônico e redes sociais que oferta um conjunto de soluções ligadas ao conceito “Art de Vivre”. Os diferenciais da Chez France encontram-se nos seus vinhos, no conhecimento dos requisitos do mercado brasileiro, na ampla estratégia de comunicação, na parceira com empresas bem sucedidas tanto no Brasil como na França, e na relevante rede de relacionamentos. O carro-chefe da Chez France atualmente é a importação e comercialização exclusiva de vinhos Franceses.




DICAS DE ALIMENTOS QUE GARANTEM UMA BOA NOITE DE AMOR NO DIA DOS NAMORADOS

Do café da manhã ao jantar: veja algumas opções de cardápios para “esquentar” o seu Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados está chegando e, para comemorar a data, nada melhor do que um belo jantar romântico a dois! Mas por que restringir apenas para a refeição da noite se é possível caprichar e agradar ainda mais o seu amor desde o café da manhã?

Quem dá as dicas para um cardápio especial e completíssimo é a nutricionista Beatriz Botéquio, consultora da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI).

Café da manhã


Para começar, um belo café da manhã servido na cama; a data pede este romantismo! Mas é fundamental garantir que o menu seja leve e contribua para o bom funcionamento do organismo e dê energia para todo o dia. “O grupo de alimentos que mais fornece energia são os carboidratos, como massas, pães, cereais, biscoitos, farinhas e outros grãos”, explica a especialista. A dica é: torrada cheesecake de romã com especiarias e chá de gengibre para acompanhar.

Torrada: é fonte de carboidratos, nutriente que dá disposição e fornece energia para que o organismo mantenha as suas funções.

Requeijão: rico em fósforo, mineral que age na contração dos músculos e também participa da liberação de energia no organismo.

Romã: é uma das frutas com maior teor de zinco. A carência desse mineral no sistema reprodutor masculino pode provocar diminuição da testosterona e inibição da formação de espermatozoides.

Cravo da índia: é considerado um condimento estimulante, pois melhora a circulação de sangue pelo corpo e pode aumentar a libido, além de fornecer energia.

Canela: pode atuar no estímulo à ação dos estrógenos sobre os órgãos sexuais masculino e feminino.

Chá de gengibre: o gengibre é um alimento que aumenta a temperatura do corpo, além de colaborar na prolongação da função erétil.

Almoço
A sugestão para o almoço é um menu completo e rico em nutrientes: rondelli de ricota com espinafre, acompanhado de suco de melancia.

Massa fresca: proporciona ao organismo uma maior sensação de saciedade, pelo fato de liberar o açúcar no sangue lentamente.

Ricota: por ser um derivado lácteo, é fonte de cálcio, mineral que participa do processo de contração dos músculos.

Espinafre: vegetal rico em vitamina B2, que ajuda o olho a adaptar-se melhor em ambientes escuros e previne lesões nas mucosas.

Molho de tomate: rico em licopeno, substância antioxidante que previne o câncer de próstata, controla a pressão arterial e ainda por cima protege o coração.

Manjericão: contribui para a melhora da circulação sanguínea, inclusive nas áreas erógenas. Seu aroma é responsável por aguçar os sentidos e estimular os instintos, principalmente masculinos.

Suco de melancia: possui citrulina, um composto que é convertido em arginina por enzimas. A arginina, por sua vez, é transformada em óxido nítrico e relaxa os vasos sanguíneos, podendo aumentar a libido.

Jantar

Para a refeição mais charmosa, romântica e esperada do dia, o jantar, Beatriz Botéquio destaca o macarrão com frutos do mar (principalmente ostras) e vinho tinto.

Macarrão: carboidratos aumentam naturalmente os níveis de serotonina no cérebro. Este hormônio, em nível adequado, influencia nosso apetite, proporciona uma sensação de bem-estar e é essencial na regulação do humor.

Alho: atua na obstrução dos vasos, pode ajudar a melhorar o fluxo do sangue e a prolongar a ereção. Devido ao aumento da circulação, há a possibilidade de aumentar a lubrificação da mulher.

Aspargos: considerado afrodisíaco por conter vitamina B3, que promove a dilatação dos vasos sanguíneos, assim como o alho.

Frutos do mar: os alimentos vindos do mar, principalmente as ostras, são ricos em zinco. O mineral tem importante função na fabricação de secreções, como a da lubrificação feminina. Além disso, ajuda no tratamento de infertilidade do homem, por aumentar a contagem e a mobilidade dos espermatozoides.

Oleaginosas: a arginina e a vitamina B3 presente nessas frutas (como castanhas, nozes, amêndoas e avelãs) promovem a vasodilatação, o que aumentaria a libido.

Pimenta Cayenna: conhecido como agente excitante por estimular a circulação sanguínea, assim como os alimentos picantes em geral.

A bebida ideal para a data, sem dúvidas, é o vinho tinto. Uma pesquisa recente da Universidade de Florença, na Itália, afirma que pode haver relação entre o consumo moderado de vinho tinto e o aumento da libido feminina. Foram analisadas 798 mulheres, entre 18 e 50 anos, e constatou-se que o grupo que apresentou os maiores índices de desejo sexual foi o que consumia uma ou duas taças de vinho por dia. Para finalizar com uma sobremesa prática e deliciosa, biscoitos de aveia com banana e chocolate.

Biscoito de aveia: além de fonte de carboidrato, que fornece energia, a aveia participa de processos que podem acarretar em um aumento dos níveis de testosterona e do aminoácido L-arginina, sendo este último um dos principais componentes para o tratamento da disfunção erétil.

Banana: rica em magnésio, promove a vasodilatação e aumentar o desempenho sexual, além de auxiliar na produção de serotonina, hormônio responsável pela sensação de prazer e bem-estar.

Chocolate: possui propriedades estimulantes, aumenta a produção de serotonina, que dá sensação de prazer e felicidade. Esses efeitos têm sido relacionados com a presença da feniletilamina, que é capaz de estimular o hipotálamo, induzindo a sensações agradáveis.

É importante lembrar que a combinação entre alimentação equilibrada, prática de atividade física e qualidade de vida são essenciais para o dia a dia, não somente para os momentos de comemoração.


quarta-feira, 10 de junho de 2015

SOBREMESA PARA O DIA DOS NAMORADOS

Desenvolvida pela chef Bete Carneiro, a sobremesa de torta de maçã francesa é simples e perfeita para um jantar romântico

Para adoçar o Dia dos Namorados nada melhor do que terminar o jantar romântico com uma deliciosa sobremesa. Essa torta é fácil de fazer, gostosa e leve, para agradar os corações apaixonados.





Ingredientes

- 5 maçãs gala grandes
- 62 gramas de açúcar refinado.
- 75 gramas de manteiga sem sal.
- uma colher de café de essência de baunilha
- meio limão thaiti

- 300 gramas de massa folhada industrializada





Preparo:

1. Descasque as maçãs, corte-as ao meio no sentido da altura e retire as sementes. Reserve-as em água com suco de limão para evitar oxidação.

2. Coloque toda a manteiga em uma sautese que possa ir ao forno ou em uma forma com fundo fixo.

3. Derreta a manteiga em fogo médio e polvilhe todo o açúcar sobre ela. Adicione a baunilha. A massa folhada virá por último.

4. Arranje todas as maçãs sobre essa mistura de uma forma harmônica. Lembre-se que a parte de baixo será a superfície da torta no momento da apresentação.

5. Cozinhe as maçãs, em fogo médio, sacudindo a frigideira de vez em quando por aproximadamente 30 minutos, ou até obter um caramelo bem dourado.

6. Desligue o fogo, e deixe descansar por 10 minutos.

7. Cubra as maçãs com o disco de massa folhada, colocando a massa nas laterais das maçãs, ou seja, entre elas e a parede interna da sautese, fazendo a lateral da Tarte Tatin.

8. Leve ao forno a uma temperatura de 190ºC por aproximadamente 20 minutos ou até que a massa folhada esteja dourada.

9. Retire do forno e deixe descansar 5 minutos. Coloque um prato na superfície da sautese ou forma e inverta rapidamente. Sirva com acompanhamento preferido: chantilly ou sorvete de creme.

Sobre a Anhanguera Educacional

A Anhanguera já transformou a vida de mais de um milhão de alunos e, há mais de 20 anos, ajuda a mudar o futuro do nosso país. Alinhada à nova fase de desenvolvimento do Brasil, a Instituição oferece conveniência e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação, extensão e ensino técnico, contribuindo com o projeto de vida de crescimento e ascensão profissional dos alunos.

A Anhanguera está presente em todos os estados brasileiros, com 70 campi e mais de 500 unidades de educação a distância. A instituição mantém mais de 1.100 projetos de responsabilidade social e, em 2013, realizou mais de 1,6 milhão de atendimentos gratuitos à comunidade com apoio de professores, alunos e voluntários.

Com um índice de 94% dos cursos com conceito positivos no Ministério da Educação (MEC), a Anhanguera conta com 337 cursos estrelados pelo Guia do Estudante (edição 2015). Também

é a marca mais valiosa do setor de educação no país, segundo o ranking BrandZ Top 50, divulgado anualmente pela Millward Brown.

Em 2014, passou a integrar o grupo Kroton, empresa brasileira com quase 50 anos de tradição que se tornou referência mundial no setor da educação pelo valor de mercado e pela quantidade de alunos. A Kroton é responsável por prover educação de qualidade a mais de um

milhão de estudantes em 550 cidades por todo o Brasil. Inovadora e líder no desenvolvimento

e aplicação de tecnologias educacionais, estimula a realização de projetos com impactos sociais, ambientais e econômicos, seja no âmbito corporativo ou educacional. O padrão de governança corporativa da companhia permite o desenvolvimento de processos que colaboram com a tomada de decisão ágil, dinâmica, responsável e sustentável.


Sugestão de presente para o dia dos namorados - Válido até 12/06 /2015